G1 Mundo

Palestina está abrigada com família em escola em Gaza; mulher teve rosto pintado por Kobra em 2022 em muro em SP

today14 de outubro de 2023 11

Fundo
share close

O rosto de Noura está estampado desde 2022 num mural em frente ao Museu do Imigrante, na Zona Leste. A obra é do artista Kobra, que pintou mais sete rostos de estrangeiros no mesmo local.

Noura e Kobra conversaram com o g1. Ela enviou vídeos, fotos e áudios para comentar o assunto (veja acima).

Noura Bader ao lado de Kobra na frente do mural com o rosto dela em frente à fachada do Museu da Imigração, na Zona Leste de São Paulo. A foto foi tirada em 2022 — Foto: Divulgação/Embaixada brasileira na Cisjordânia



O olhar assustado de Noura ao filmar, nesta sexta, o marido e três filhos aflitos na Rosary Sister School, uma escola católica no Norte de Gaza onde estão acolhidos, contrasta com o semblante tranquilo e o sorriso leve dela que aparecem na pintura feita pelo muralista brasileiro no ano passado.

Mulher palestina e família estão abrigados em Gaza; ela teve rosto pintado por Kobra

Mulher palestina e família estão abrigados em Gaza; ela teve rosto pintado por Kobra

O mural, chamado de “Janelas Abertas para o Mundo”, tem 120 metros de extensão, sendo quase 6 metros de altura.

Grupo de brasileiros é abrigado em escola na Faixa de Gaza

Grupo de brasileiros é abrigado em escola na Faixa de Gaza

Quando ele foi pintado por Kobra, Noura estava morando com a família em São Paulo na condição de refugiados. Ela, o marido, Monir Bader, de 38 anos, e os dois filhos mais velhos, um menino, Bader Monir Bader, de 11 anos, e uma menina, Rose Monir Bader, de 9, nasceram na Palestina. O garoto mais novo, Mohamed Monir Bader, de 4, nasceu no Brasil. Mas todos os cinco têm passaporte brasileiro.

Depois disso, eles saíram de São Paulo e foram juntos, em janeiro deste ano, ao Egito, onde o marido ficou pouco tempo. Em seguida, em fevereiro, decidiram ir à Faixa de Gaza. Até a guerra acontecer, ele trabalhava como motorista, e ela estava com dificuldades de conseguir emprego. Agora, o desejo de todos eles é somente conseguir sair de Gaza.

Grupo de palestinos e brasileiros estão abrigados em escola em Gaza — Foto: Divulgação/Embaixada do Brasil na Cisjordânia

“Não sei, só [queremos] ficar fora de Gaza. Podemos ir ao Egito ou voltar ao Brasil. Não sei ainda”, falou Nora sobre qual o destino que pretende ir com a sua família depois que conseguirem deixar Gaza.

A Faixa de Gaza passou a ser atacada por israelenses depois que o grupo terrorista do Hamas invadiu Israel no último sábado (7), quando matou e sequestrou pessoas.

Noura, os três filhos e o marido estão abrigados em escola em Gaza; ela gravou vídeo para mostra a situação da família — Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

Até a última atualização desta reportagem, Noura e família, além de outros palestinos e brasileiros, aguardavam a chegada de um ônibus para saírem da escola. Os veículos eram esperados para esta sexta, mas atrasaram por causa das bombas que atingiram a região. A expectativa é a de que os veículos retornem neste sábado (14) para levar o grupo abrigado na escola para o sul de Gaza.

“Sim. Vamos deixar a escola agora, mas ainda não chegaram os ônibus”, disse Noura. “Estamos na escola aqui muito bem porque tem segurança, mas precisamos sair porque agora é perigoso.

Bader Monir Bader, de 11 anos, e uma menina, Rose Monir Bader, de 9, nasceram na Palestina. O garoto mais novo, Mohamed Monir Bader, de 4, nasceu no Brasil. — Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

‘Triste com toda essa situação’, diz Kobra

No Brasil, Kobra recebeu com apreensão a notícia de que Noura, a mulher que serviu de modelo para sua obra em São Paulo, está abrigada com a família numa escola em Gaza para tentar se proteger da guerra.

“Fiquei bastante sentido com a história. Parece que eles tinham ido para Gaza visitar familiares”, disse o artista. “Eu fiquei bem triste. Como artista e ser humano estou muito tocado, chocado e comovido. Tenho filho também. Não tem como não ficarmos com o coração apertado, triste com toda essa situação.

São Paulo ganha um mural de Eduardo Kobra que homenageia refugiados no Brasil

São Paulo ganha um mural de Eduardo Kobra que homenageia refugiados no Brasil

“Simbolicamente, o muro é um impedimento, aquilo que não precisamos no mundo. É o que separa, o que demarca as diferenças e o que impede o ir e vir. Por isso, escolhi mostrar os personagens nas janelas abertas, olhando para fora, para as pessoas que passam, muitas vezes indiferentes”, havia dito ele em 2022 sobre o mural.

Noura e o filho caçula em foto tirada pela IKMR no Brasil — Foto: Divulgação/IKMR

“Noura era atendida por nossa organização humanitária no período em que esteve no Brasil. Em janeiro, ela foi para o Egito. O marido havia conseguido um emprego em uma fábrica de roupas. Há alguns meses, foram para a Faixa de Gaza visitar os familiares“, falou Vivianne Reis, fundadora e presidente da I Know My Rights (IKMR) no Brasil. “Hoje [sexta] pela manhã a casa da família dela foi bombardeada.

Foi a IKMR que colocou Kobra em contato com Noura e alguns dos outros estrangeiros retratados no mural.

Palestina Noura Bader com filho mais novo em encontro quando morava em São Paulo — Foto: Divulgação/IKMR

Colaboraram: André Cesar e Thaíza Pauluze, da TV Globo e da GloboNews




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

benjamin-netanyahu,-premie-de-israel,-diz-que-ofensiva-de-israel-foi-‘apenas-o-comeco’

G1 Mundo

Benjamin Netanyahu, premiê de Israel, diz que ofensiva de Israel foi ‘apenas o começo’

“Estamos atacando os nossos inimigos com uma força sem precedentes”, disse Netanyahu numa breve declaração transmitida pela televisão após o início do sábado judaico. "Enfatizo que este é apenas o começo." O premiê de Israel fez uma breve declaração transmitida pela televisão após o início do sábado judaico. Veja vídeo acima. Também nesta sexta, às 18h de Brasília, terminou o prazo de 24 horas dado por Israel para que os […]

today14 de outubro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%