G1 Mundo

Papa Francisco denuncia a indústria de armas ao fazer um apelo de Natal pela paz no mundo

today25 de dezembro de 2023 11

Fundo
share close

Falando da Basílica de São Pedro para a multidão que o assistia, Francisco disse que lamentou o “ataque abominável” do Hamas contra o sul de Israel em 7 de outubro e pediu a libertação dos reféns. E implorou pelo fim da campanha militar de Israel em Gaza e da morte “terrível de civis inocentes”, ao mesmo tempo que apelou à ajuda humanitária para chegar aos necessitados.

O Papa Francisco disse ainda que as crianças que morrem nas guerras, incluindo em Gaza, são os “pequenos Jesuses de hoje”.

Francisco dedicou a bênção do dia de Natal a um apelo à paz no mundo, observando que a história bíblica do nascimento de Cristo em Belém enviou uma mensagem de paz. Mas ele disse que Belém “é um lugar de tristeza e silêncio” este ano.



A benção anual “Urbi et Orbi” (“Para a cidade e o mundo”) de Francisco normalmente oferece um lamento de toda a miséria que o mundo enfrenta, e a edição deste ano não foi diferente.

Da Armênia e do Azerbaijão à Síria e ao Iemen, da Ucrânia ao Sudão do Sul e ao Congo e à península coreana, Francisco apelou a que as iniciativas humanitárias, o diálogo e a segurança prevaleçam sobre a violência e a morte.

Ele apelou aos governos e às pessoas de “boa vontade” nas Américas, em particular, para que abordem o “fenômeno preocupante” da migração e os seus “traficantes inescrupulosos” que se aproveitam de inocentes apenas à procura de uma vida melhor.

Ele mirou especialmente na indústria de armas, que, segundo ele, alimentava os conflitos em todo o mundo, com quase ninguém prestando atenção.

“Isso deveria ser falado e escrito, de modo a trazer à luz os interesses e os lucros que movem as cordas fantoches da guerra”, disse ele. “E como podemos falar de paz, quando a produção, as vendas e o comércio de armas estão aumentando?”

Francisco tem criticado frequentemente a indústria de armas, chamando-a de “mercadores da morte” e disse que as guerras atuais, na Ucrânia, em particular, estão sendo usadas para experimentar novas armas ou para esgotar arsenais antigos.

Ele apelou à paz entre Israel e os palestinos e que o conflito seja resolvido “através de um diálogo sincero e perseverante entre as partes, sustentado por uma forte vontade política e pelo apoio da comunidade internacional”.

Autoridades do Vaticano disseram que cerca de 70 mil pessoas lotaram a Praça de São Pedro para o discurso e bênção de Francisco ao meio-dia. Entre elas, estavam muitas pessoas que ostentavam bandeiras palestinos, bem como algumas bandeiras ucranianas.

O discurso de Francisco marcou sua aparição principal no dia de Natal, embora se espere que ele entregue uma bênção na terça-feira, festa de Santo Estêvão, que também é feriado na Itália. Completando o feriado, ele celebrará uma vigília de Ano Novo na basílica e uma missa no dia seguinte.

Apesar do recente crise de bronquite, Francisco, de 87 anos, parecia estar bem na segunda-feira e durante a missa da véspera de Natal da noite anterior, embora ocasionalmente tossisse e parecesse sem fôlego.

Em meio a guerras no mundo, Papa Francisco pede paz em discurso de Natal:

Em meio a guerras no mundo, Papa Francisco pede paz em discurso de Natal

Em meio a guerras no mundo, Papa Francisco pede paz em discurso de Natal




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

8-policiais-sao-feridos-e-38-manifestantes-sao-presos-apos-protesto-contra-o-resultado-das-eleicoes-na-servia

G1 Mundo

8 policiais são feridos e 38 manifestantes são presos após protesto contra o resultado das eleições na Sérvia

No domingo, a polícia disparou spray de pimenta depois que uma multidão tentou invadir a prefeitura de Belgrado, onde fica a sede da comissão eleitoral local. Alguns dos manifestantes escalaram o prédio e quebraram janelas. Alguns atiraram pedras nas janelas, quebrando vidros. Ivica Ivkovic, chefe da administração da polícia, disse que dois dos oito policiais feridos sofreram lesões graves. "Continuaremos a trabalhar para manter a paz e a ordem e […]

today25 de dezembro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%