G1 Mundo

Papa Francisco pede proibição da ‘barriga de aluguel’

today8 de janeiro de 2024 2

Fundo
share close

“Considero deplorável a prática da chamada maternidade de aluguel, que representa uma grave violação da dignidade da mulher e da criança, baseada na exploração de situações de necessidades materiais da mãe”, disse.

O pontífice de 87 anos fez os seus comentários num discurso de 45 minutos para diplomatas no Vaticano.

Devido a questões éticas, a prática é ilegal em muitos países ao redor do mundo.



No Brasil, a comercialização da gravidez é considerada ilegal pela lei. No entanto, uma mulher que tenha vínculo sanguíneo com o casal pode servir como “doadora de útero”, segundo a constituição. Nos demais casos, é preciso da autorização expressa do Conselho Regional de Medicina.

Papa Francisco durante reunião com diplomatas no Vaticano em 8 de janeiro de 2024 — Foto: Vatican Media/Simone Risoluti/­Reprodução via REUTERS

Francisco também reafirmou a condenação do Vaticano à ideologia de gênero, que sugere que o gênero é mais complexo e fluido do que as categorias binárias de masculino e feminino e depende de mais do que características sexuais visíveis.

Ele chamou a teoria de “extremamente perigosa, pois anula as diferenças em sua pretensão de tornar todos iguais”.

Pela medida, os padres podem administrar bênçãos a casais do mesmo sexo, se quiserem. Os padres também poderão se recusar a fazer o ritual, mas estão proibidos de impedir “a entrada (em igrejas) de pessoas em qualquer situação em que possam procurar a ajuda de Deus através de uma simples bênção”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

taiwan-acusa-china-de-enviar-baloes-espioes;-governo-local-faz-eleicoes-esta-semana

G1 Mundo

Taiwan acusa China de enviar balões espiões; governo local faz eleições esta semana

O governo de Taiwan disse ter detectado balões espiões da China em seu espaço aéreo nesta segunda-feira (8). A ilha, que a China reivindica como parte de seu território, realiza eleições nesta semana e acusa Pequim de tentativa de interferência. Segundo o Ministério da Defesa de Taiwan, três balões chineses sobrevoaram o Estreito de Taiwan - o trecho do Oceano Pacífico que divide os dois países - no domingo (7), […]

today8 de janeiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%