G1 Santos

Papa pede para fiéis se inspirarem em santa canonizada por milagre realizado no litoral de SP; VÍDEO

today12 de outubro de 2023 5

Fundo
share close

O papa Francisco pediu para que os fiéis se inspirassem em Santa Josefina Bakhita durante audiência geral [encontro aberto], na última quarta-feira (11), no Vaticano. Bakhita foi canonizada após um milagre em Santos, no litoral de São Paulo, e a cidade abriga a primeira capela em louvor à santa do Estado.

Segundo divulgado pelo Vatican News, portal oficial do Vaticano, o papa convidou os milhares de fiéis que acompanhavam a audiência a se deixarem “inspirar pelo testemunho de Santa Josefina Bakhita, uma santa sudanesa” ao falar sobre perdão. Conforme apurado pelo g1, Francisco começou a falar por volta das 4h pelo horário de Brasília. (veja no vídeo acima).

A igreja de Santa Josefina Bakhita é uma das capelas da Catedral de Santos, onde aconteceu o milagre com Eva Tobias da Costa em 1992. “Dona Eva tinha uma grande ferida na perna que não sarava por nada”, explicou o padre Claudenil Moraes da Silva, pároco da Catedral, em entrevista ao g1 nesta quinta-feira (12).



Papa Francisco realizou audiência geral nesta quarta-feira (11), no Vaticano — Foto: Matheus Muller/g1

De acordo com ele, o machucado de Eva foi curado um dia após ela colocar um santinho em papel com a estampa de Bakhita, na época beata, na perna. “Nós dizemos que o milagre que levou Santa Bakhita à honra e glória dos altares se deu exatamente nesta paróquia”, afirmou.

O padre contou que a santa é considerada patrona dos perseguidos, escravizados e torturados. “Nós nos sentimos contemplados quando das tristezas, do sofrimento, das escravidões, das dificuldades, nós nos reportamos a Deus, pedimos a Deus um sinal grandioso em nossa vida por intercessão de Bakhita”, ressaltou.

A igreja fica na Rua República Portuguesa, nº 20, no bairro Vila Mathias.

A igreja de Santa Bakhita fica no bairro Vila Mathias em Santos (SP) — Foto: Diocese de Santos/Divulgação

Em 2000, o Papa João Paulo II declarou Josefina Bakhita como santa, em ato solene na Basílica de São Pedro. Ela nasceu em 1869 no Sudão (África) e morreu em 8 de fevereiro de 1947, aos 78 anos, em Schio (Vicenza-Itália).

Papa Francisco em audiência geral no Vaticano — Foto: Matheus Muller/g1

A história dela foi resumida na audiência geral com o papa Francisco nesta quarta. “Raptada na idade de sete anos, suportou indescritíveis sofrimentos físicos e morais. No seu corpo, tinha mais de 100 cicatrizes. Tendo se tornado cristã, foi transformada pelas palavras de Cristo: ‘perdoa-lhes pai porque não sabem o que fazem’. Podemos dizer que a vida de Bakhita se tornou uma parábola existencial do perdão”.

De acordo com a celebração, o perdão tornou Bakhita livre. “O perdão recebido primeiro pelo amor misericordioso de Deus e depois o perdão dado”, disse o papa.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

morador-em-situacao-de-rua-confessa-ter-matado-homem-por-invadir-‘casa’-e-visto-ele-morrer-agonizando

G1 Santos

Morador em situação de rua confessa ter matado homem por invadir ‘casa’ e visto ele morrer agonizando

O corpo de um homem foi encontrado por policiais militares com lesões no rosto e sinais de enforcamento, no Balneário Stella Maris, em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, nesta quinta-feira (12), um morador em situação de rua confessou a autoria do crime e disse que viu a vítima morrer agonizando. O suspeito, de 39 anos, foi levado à delegacia na última quinta-feira (11), após indicar […]

today12 de outubro de 2023 36

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%