G1 Mundo

Parlamento da Irlanda empossa o primeiro-ministro mais jovem da história

today9 de abril de 2024 4

Fundo
share close

“Quero trazer novas ideias, nova energia e nova empatia à vida pública”, disse após sua eleição Harris, do partido de centro Fine Gael, ao qual Varadkar também pertence.

O novo primeiro-ministro, que foi eleito com 88 votos a favor e 69 contra, sucede Varadkar, que renunciou devido a razões “pessoais e políticas”, sem acrescentar mais detalhes, no governo de coalizão centrista.

O jovem líder do Fine Gael chega ao posto do chefe de Governo a menos de um ano das eleições legislativas irlandesas, que devem acontecer antes de 22 de março de 2025.



“Agora é um bom momento para construir um novo contrato social, criando igualdade de oportunidades, apoiando que mais precisa do Estado, protegendo nosso sucesso econômico e utilizando seus lucros para oferecer resultados tangíveis à sociedade”, disse Harris em seu discurso após ser eleito.

O Fine Gael governa em coalizão com o Fianna Fail, também de centro-direita, e o Partido Verde.

Esquerda lidera intenções de voto

Fianna Fail, Fine Gael e Partido Verde foram segundo, terceiro e quarto colocados, respectivamente, nas eleições de 2020, vencidas pelo Sinn Fein, partido nacionalista de esquerda, que lidera as pesquisas para as próximas eleições.

Simon Harris, que era ministro do Ensino Superior no antigo gabinete, se torna o mais jovem “taoiseach” — palavra no idioma gaélico para denominar um chefe ou líder — da história da Irlanda.

Seu antecessor no cargo, Leo Varadkar, tinha até agora essa honra, por chegar ao posto de primeiro-ministro em 2017, com 38 anos.

Harris, neste ano que resta antes das eleições, tentará ganhar votos para seu partido, que se encontra em terceiro lugar nas pesquisas.

O novo primeiro-ministro alertou que a unificação da Irlanda, tema recorrente após a vitória do Sinn Fein na Irlanda do Norte, não será sua “prioridade”, embora, segundo suas palavras, seja uma “aspiração política legítima”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

essequibo:-venezuela-entrega-documentos-a-corte-internacional-de-justica-que-pedem-posse-de-territorio-guianes

G1 Mundo

Essequibo: Venezuela entrega documentos à Corte Internacional de Justiça que pedem posse de território guianês

Na segunda-feira (8), o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, também convidou o líder da Guiana, Irfaan Ali, para retomar as negociações. Os documentos entregues pela Venezuela à CIJ, em Haia, na Holanda, apresentam, segundo Carcas, "a verdade histórica e provas que mostram que somos os únicos com titularidade sobre o território da Guiana Essequiba". A Guiana pede que a CIJ ratifique um documento de 1899 que fixou as fronteiras atuais, enquanto […]

today9 de abril de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%