G1 Mundo

Passageira tenta entrar nos EUA com fezes de girafa e é barrada na alfândega: ‘Queria fazer um colar’

today6 de outubro de 2023 7

Fundo
share close

Uma mulher chegando do Quênia tentou entrar nos Estados Unidos com uma caixa contendo fezes de girafa, mas foi barrada pelo Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP) no Aeroporto Internacional de Minneapolis, disseram as autoridades locais na quinta-feira (5).

A passageira declarou as fezes quando chegou ao território norte-americano e disse que havia obtido os excrementos no Quênia. Segundo um comunicado divulgado pelo CBP, a mulher afirmou que “queria fazer um colar” com o material e contou que já havia usado fezes de alce coletadas em sua casa em Iowa para o mesmo propósito.

“Há um perigo real em trazer matéria fecal para os EUA”, disse LaFonda D. Sutton-Burke, diretora do CBP, em declaração. “Se essa pessoa tivesse entrado nos EUA e não tivesse declarado esses itens, há uma grande possibilidade de uma pessoa ter contraído uma doença por causa dessas joias e desenvolvido sérios problemas de saúde.”



Especialistas em agricultura apreenderam a caixa e os excrementos foram destruídos por esterilização a vapor, de acordo com o protocolo de destruição do Departamento de Agricultura dos EUA (Usda).

Todas as fezes de animais ruminantes exigem uma Licença de Serviços Veterinários para entrada nos Estados Unidos. O Quênia é afetado pela peste suína africana, a peste suína clássica, a doença de Newcastle, a febre aftosa e a doença vesiculosa.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

parlamento-russo-se-prepara-para-discutir-revogacao-de-tratado-que-proibe-testes-nucleares

G1 Mundo

Parlamento russo se prepara para discutir revogação de tratado que proíbe testes nucleares

O presidente do Parlamento da Rússia, Vyacheslav Volodin, afirmou nesta sexta-feira (5) que os legisladores do país devem discutir em breve a revogação do Tratado de Proibição Completa dos Testes Nucleares. “A situação no mundo mudou”, disse Volodin. "Washington e Bruxelas desencadearam uma guerra contra o nosso país." "Na próxima reunião do Conselho da Duma de Estado, discutiremos definitivamente a questão da revogação da ratificação do Tratado de Proibição Completa […]

today6 de outubro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%