Gospel Prime

Pastor é preso acusados de converter 1000 pessoas, na Índia

today24 de maio de 2022 13

Fundo
share close

Enquanto a perseguição contra cristãos na Índia continua se intensificando, no último dia 18 um pastor foi preso por converter mais de 1.000 pessoas ao Cristianismo, o que pode ser considerado crime no país hindu.

O pastor e sua esposa foram presos um dia após o governador do estado de Karnataka ter sancionado lei em proteção à liberdade religiosa. Kuryichan V, de 62 anos, e sua esposa Salenamma, de 57 anos, que são de Wayanad, em Kerala, foram denunciados por nacionalistas hindus.

De acordo com o Indian Press, o pastor foi acusado de estar convertendo à força trabalhadores que trabalhavam nas fazendas de café.

“Nos diga, quantas pessoas você converteu? Quanto dinheiro você coletou e onde estão suas contas bancárias?”, questionou um dos extremistas em um vídeo que mostra o momento em que a casa do pastor é invadida.

A polícia de Kutta informou que o casal foi levado e acabou sendo enquadrado em uma seção do código penal indiano que considera crime “atos deliberados e maliciosos, destinados a indignar os sentimentos religiosos de qualquer classe, insultando sua religião ou crenças religiosas.



O arcebispo de Bengaluru, Peter Machado, disse que o governo de Karnataka decepcionou a população cristã no estado. “A comunidade cristã se sente traída quando seus sentimentos não são levados em conta e seus serviços abnegados nas áreas de educação, saúde e outras áreas sociais para o bem-estar de todas as comunidades não são levados em consideração”, disse ele.

A Índia aparece entre os 10 países que mais perseguem os cristãos na Lista Mundial de Perseguição da Portas Abertas, que nos últimos anos tem alertado sobre como as leis anticonversão têm sido usadas para perseguir cristãos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Michael Caceres

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-que-se-sabe-sobre-operacao-que-deixou-21-mortos-no-rio

BBC News Brasil

O que se sabe sobre operação que deixou 21 mortos no Rio

24 maio 2022Atualizado Há 2 horasCrédito, EPALegenda da foto, Pelo menos 21 pessoas já chegaram mortas ao Hospital Estadual Getúlio VargasPelo menos 24 pessoas morreram nesta terça-feira (24/5) após uma operação policial na Vila Cruzeiro, parte do Complexo da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. Esse número de mortos foi confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, a quem pertence o principal hospital para […]

today24 de maio de 2022 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%