Prefeitura de Guarujá

Patrulha Maria da Penha celebra cinco anos com programação especial no mês da mulher

today5 de março de 2024 1

Fundo
share close

Iniciativa conta com diversas atividades, dentre elas encontro de guardas municipais femininas, panfletagem e rodas de conversa

A Patrulha Guardiã Maria da Penha, da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarujá, completa cinco anos de atuação nesta sexta-feira (8) – Dia Internacional da Mulher. Para marcar a data, o grupamento promove uma programação especial para conscientizar a população sobre a violência contra a mulher. A iniciativa conta com encontro de guardas civis municipais femininas, panfletagem e rodas de conversa.

Nesta quarta-feira (6), a partir das 9 horas, no Terminal de passageiros do Ferry Boat Plaza (Praça das Nações Unidas, s/n – Vila Lygia), acontece um café da manhã com guardas municipais femininas e alunas da instituição.

Já na quinta-feira (7), a partir das 8 horas, ainda no terminal de passageiros, a equipe da Patrulha Maria da Penha realiza panfletagem de material informativo, nele é possível conhecer os níveis de violência, conhecido, como Violentômetro.

Por fim, também na quinta-feira (7), a partir das 14 horas, haverá uma roda de conversa, com o tema: ‘Mulheres sobre mulheres’, que discute os direitos e deveres das mulheres. O encontro acontece na Câmara Municipal, que fica na Avenida Leomil, 291 – Pitangueiras.



Patrulha Maria da Penha atende mais de 760 casos em cinco anos

Iniciada no dia 8 de março de 2019, junto com a entrega da nova sede da Delegacia da Mulher, a Patrulha Maria da Penha é um convênio entre a Prefeitura de Guarujá e o Ministério Público, onde a Secretaria Municipal de Defesa e Convivência Social (Sedecon), por meio da GCM, faz o monitoramento das medidas protetivas.

Em cinco anos de atuação, foram atendidos mais de 760 casos de medida protetiva, com destaque para 130 em 2023 e outros 110, em 2024, até o momento. Foram registrados, ainda, mais de 35 detenções de autores por descumprimento, por meio de acionamentos via central 153 ou durante visitas de rotina.

“A Patrulha serve como um elo entre a mulher em situação de violência doméstica e o Ministério Público. Com uma equipe capacitada e um atendimento humanizado, atuamos na proteção, no suporte da vítima e na certificação de que o autor está cumprindo a medida protetiva”, explica Adriana Midori, gestora da Patrulha.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Geilton Junior

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corpo-de-corretor-de-imoveis-morto-esfaqueado-em-ribeirao-preto,-sp,-e-enterrado

G1 Santos

Corpo de corretor de imóveis morto esfaqueado em Ribeirão Preto, SP, é enterrado

Reunindo amigos e familiares, o sepultamento aconteceu no início da tarde. De acordo com Tauane Felicio, sobrinha da vítima, uma campanha online chegou a ser realizada para que os custos do translado do corpo fossem subsidiados. Silva morreu na noite do último domingo (3) após ser atingido por ao menos nove golpes de faca. De acordo com o delegado Rodolfo Latif Seba, responsável pelas investigações, a até então namorada da […]

today5 de março de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%