G1 Santos

Piloto de moto aquática faz manobras perto de areia e quase atinge crianças no litoral de SP; VÍDEO

today19 de janeiro de 2024

Fundo
share close

Uma cena perigosa envolvendo uma moto aquática chamou atenção de banhistas em uma praia de Bertioga, no litoral de São Paulo. Em vídeo obtido pelo g1, nesta sexta-feira (19), é possível ver quando o piloto do veículo manobra bem próximo à faixa de areia e de duas crianças (assista acima).

Segundo apurado pela reportagem e confirmado pela Prefeitura de Bertioga, o caso ocorreu no local conhecido como Praia do Cantão do Indaiá. As imagens mostram as crianças se afastando quando notam a proximidade da moto aquática. Um menino que está em uma prancha de isopor é puxado por uma garota.

As imagens repercurtiram nas redes sociais nesta semana, causando preocupação de turistas e moradores que frequentam a praia. A reportagem não conseguiu confirmar a data do vídeo.



Em 2012, um acidente aconteceu na Praia de Guaratuba, em Bertioga. Um adolescente de 13 anos pilotava a moto aquática em alta velocidade e atropelou Grazielly Lames, de 3 anos. A menina foi socorrida, mas já chegou sem vida ao Hospital Municipal de Bertioga. O corpo de Grazielly foi enterrado em Artur Nogueira, onde ela morava com os pais.

Moto aquática em praia do litoral de SP, assusta banhistas

Moto aquática em praia do litoral de SP, assusta banhistas

Sobre o vídeo, a Prefeitura de Bertioga disse não ter recebido denúncias sobre o ocorrido na data. A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) também disse não houve registros do caso junto à polícia.

O g1 apurou que há regras para a utilização da moto aquática nas praias. Segundo a Marinha do Brasil, o condutor deve ter uma habilitação amadora de motonauta, emitida pela Capitania dos Portos, cuja validade é de 10 anos. Para quem tem mais de 65 anos, ela vale por metade do tempo.

As motos aquáticas usadas em atividades de esporte e recreio só podem navegar a partir de 200 metros da linha de base, definida como a linha de arrebentação das ondas em praias litorâneas. Segundo a Marinha, essa é uma medida crucial para resguardar a integridade física das pessoas.

“É imperativo destacar que o trânsito da moto aquática entre o ponto de entrada/saída d’água e a linha de base deve ocorrer perpendicularmente a essa, e com uma velocidade baixa, abaixo de três nós”, afirmou o órgão, em nota.

A Marinha do Brasil incentiva o envio de fotos e a identificação da inscrição da moto aquática, disponibilizando o telefone 185 como canal oficial de denúncias.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-lanca-4o-relatorio-de-cumprimento as-metas-da-onu

Prefeitura de Guarujá

Guarujá lança 4º relatório de cumprimento às metas da ONU

Relatório de Acompanhamento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs) está disponível on-line para todos os munícipes A Prefeitura de Guarujá lança o 4º Relatório de Acompanhamento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), disponível para todos os munícipes no site https://www.guaruja.sp.gov.br/ods/. As metas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), da Organização das Nações Unidas (ONU), que são um apelo para erradicar a pobreza, proteger o meio ambiente e promover o desenvolvimento sustentável. Todos […]

today19 de janeiro de 2024

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%