G1 Santos

PM que desapareceu ao entrar em ‘biqueira’ no litoral de SP é quadrigêmeo e tem pai investigador; saiba mais

today17 de abril de 2024 5

Fundo
share close

A equipe de reportagem apurou junto à uma fonte da Polícia Civil que Luca saiu de uma adega na comunidade Santo Antônio, em Guarujá, e dirigiu sozinho até uma “biqueira” [onde ocorre o tráfico de drogas] no mesmo bairro. Ele ficou dentro do carro por aproximadamente 40 minutos, até que dois homens – ainda não identificados – se aproximaram do veículo e o renderam (leia mais abaixo).

Luca é morador de Santos (SP), mas trabalha no 3º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) em São Paulo. Equipes das polícias Civil e Militar realizam buscas para encontrá-lo.

Conforme apurado pelo g1, Luca é quadrigêmeo. Com ele nasceram duas irmãs e um irmão, que se chama Luigi Romano Angerami, também policial militar. O pai, Renzo Borges Angerami, é investigador da Polícia Civil de São Paulo.



A família ainda tem mais um policial. Luca é neto de Alberto Angerami, que está aposentado, mas já foi delegado-geral adjunto de São Paulo, corregedor geral da Polícia de São Paulo e presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

PM Luca Romano Angerami foi visto pela última vez perto de uma ‘biqueira’ em Guarujá — Foto: Reprodução

Luca foi admitido na PM em 16 de dezembro de 2022 e, três dias depois, começou a trabalhar no 29º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), onde ficou até 27 de fevereiro de 2023.

Em 1º de março de 2023, o soldado da PM foi transferido para o 3º BPM/M, onde trabalhava até desaparecer no último domingo (14).

Câmeras de adega mostram última imagens de PM antes de desaparecer no litoral de SP

Câmeras de adega mostram última imagens de PM antes de desaparecer no litoral de SP

O PM foi registrado pelas câmeras de monitoramento de uma adega na comunidade Santo Antônio. Nas imagens acima é possível ver Luca com um homem e uma mulher, enquanto tomava cerveja.

Um dos trechos mostra o jovem no caixa ao lado do mesmo homem. Ele faz um pagamento com o cartão e o rapaz que o acompanha pega o que parecem ser copos plásticos. Em seguida, os dois viram as costas e se afastam da fila.

Em seguida, ele dirigiu sozinho até uma “biqueira” [onde ocorre o tráfico de drogas] no mesmo bairro. De acordo com a Polícia Civil, o PM ficou dentro do carro por aproximadamente 40 minutos, até que dois homem – ainda não identificados – se aproximaram do veículo e o renderam.

Preso suspeito de matar o PM

Luca Romano dentro de adega em Guarujá (à esquerda) e suspeito de ter participado de crime contra ele (à direita) — Foto: Reprodução

A PM prendeu um homem de 36 anos na Rua das Magnólias, em Guarujá, por volta das 19h30 de domingo (14). O suspeito de ter participado do desaparecimento de Luca contou que ele foi levado São Vicente e morto. Disse ainda que o corpo teria sido jogado da Ponte do Mar Pequeno.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

como-funciona-o-gabinete-de-guerra-de-israel

G1 Mundo

Como funciona o gabinete de guerra de Israel

Os israelenses não reagiram até o momento e afirmaram que a reposta será "na forma e no momento certo". Seus aliados, inclusive os EUA, têm apelado para que os israelenses ajam com cautela. De acordo com o especialista em Israel Peter Lintl, do Instituto Alemão para Assuntos Internacionais e de Segurança (SWP), a resposta israelense, a depender da sua natureza, pode ter consequências de longo alcance para o futuro próximo […]

today17 de abril de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%