Gospel Prime

“Precisa continuar na vida de cada um”, diz pastor sobre Asbury

today23 de fevereiro de 2023 15

Fundo
share close

A reunião de oração que ocorria na Universidade de Asbury, nos Estados Unidos, chegou ao fim após mais de duas semanas de culto ininterrupto. Para o pastor e autor Geremias Couto, o avivamento não deve terminar, mas sim continuar na vida de cada um.

Couto explicou que os cristãos impactados deverão, agora, evidenciar com suas vidas a ação de Deus, testemunhando o evangelho de Cristo para o mundo. Ele lembrou que os crentes primitivos saíram do Cenáculo e espalharam o fogo, assim como devem fazer os cristãos que presenciaram o agir de Deus no avivamento de Asbury.

“A direção de Asbury encerrou o culto ininterrupto que durou mais de duas semanas e atraiu gente de todo o mundo. O avivamento acabou? Ao contrário, agora precisa continuar na vida de cada um”, disse o pastor nas redes sociais.

Pessoas de várias partes dos Estados Unidos e do mundo foram até Asbury para participar do culto que ocorria no auditório principal da universidade. Agora, o local mantém as reuniões regulares da instituição, enquanto um novo local foi designado para a continuidade das atividades anteriores.

O diretor da universidade, Dr. Kevin J. Brown, comemorou o legado deixado pelos estudantes, destacando que desde o primeiro dia “houve inúmeras expressões e demonstrações de radical humildade, compaixão, confissão, consagração e entrega ao Senhor”. Ele acrescentou que estão testemunhando o Fruto do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, bondade, generosidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio, segundo informações do site oficial da universidade.



O culto ininterrupto que durou mais de duas semanas e atraiu gente de todo o mundo foi encerrado pela direção da Universidade de Asbury, mas o avivamento espiritual deve continuar na vida dos cristãos impactados. Segundo o pastor e autor Geremias Couto, os cristãos devem agora evidenciar com suas vidas a ação de Deus, testemunhando o evangelho de Cristo para o mundo.

Couto destacou que assim como os crentes primitivos saíram do Cenáculo e espalharam o fogo, os cristãos que presenciaram o agir de Deus no avivamento de Asbury também devem fazer o mesmo. Pessoas de várias partes do mundo foram até Asbury para participar do culto que ocorria no auditório principal da universidade. Agora, um novo local foi designado para a continuidade das atividades anteriores enquanto o local mantém as reuniões regulares da instituição.

O diretor da universidade, Dr. Kevin J. Brown, destacou que desde o primeiro dia “houve inúmeras expressões e demonstrações de radical humildade, compaixão, confissão, consagração e entrega ao Senhor”. Ele acrescentou que estão testemunhando o Fruto do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, bondade, generosidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio, segundo informações do site oficial da universidade.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

asbury:-“nao-podemos-parar-o-que-nao-comecamos”

Gospel Prime

Asbury: “Não podemos parar o que não começamos”

Segundo uma declaração do Presidente da Asbury, Dr. Kevin Brown, desde o culto que se iniciou no dia 8 de Fevereiro a universidade tem experimentado uma corrente de imensurável bondade inundando a comunidade e avançando rapidamente para outras regiões do mundo. Nesse sentido, Brown anunciou que essa quinta-feira (23) marca o fim deste encontro histórico de várias semanas na Universidade de Asbury e no Seminário Teológico de Asbury com a […]

today23 de fevereiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%