G1 Santos

Prédio interditado após coluna ceder no litoral de SP recebe escoramento metálico

today20 de janeiro de 2023 32

Fundo
share close

Uma coluna no mezanino do prédio localizado à Rua Guimarães Rosa, no bairro Ocian, apresentou problemas estruturais e cedeu, por volta das 14h30, nesta quinta-feira (19). Segundo a administração municipal, a via permanece com acesso restrito e sinalizada pela secretaria de Trânsito (Setran).

Rua Guimarães Rosa, no bairro Ocian está interditada, por questões de segurança — Foto: Nina Barbosa/g1 Santos



De acordo com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, fiscais da prefeitura e engenheiros, da empresa que realizou os cálculos estruturais e da empresa que executava a obra, determinaram a interdição total do edifício que tem 20 andares e 121 unidades, sendo que 61 delas estavam ocupadas.

O prédio vizinho também foi interditado, porém, foi liberado durante a noite. Já o prédio danificado, permanece interditado aos moradores e há previsão para o retorno deles. Segundo o Capitão do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Eulálio, as pessoas foram para casas de familiares e a Defesa Civil fez uma triagem para direcionar quem não tinham para onde ir.

A empresa que fazia o serviço no pilar ficou encarregada de realizar o escoramento, que foi iniciado na quinta-feira (19) e continua nesta sexta-feira. A Defesa Civil e a Secretaria de Urbanismo (Seurb) acompanham os serviços de escoramento das estruturas.

Escoramentos metálicos são colocados no edifício. Defesa Civil e a Seurb aguardam os responsáveis providenciarem os laudos necessários reparação dos danos causados — Foto: Nina Barbosa/g1 Santos

A Defesa Civil e a Seurb aguardam os responsáveis pelo edifício providenciarem os laudos necessários, que deverão apontar os serviços a serem realizados para reparação dos danos causados.

A construtora, porém, afirmou ao g1 ‘está tudo sendo escorado’, mas até o momento não há informação do que deve ser feito em relação à reparação dos danos. A empresa aguarda o posicionamento dos engenheiros, que ficaram no local até às 4h desta sexta-feira.

O prédio foi evacuado após uma coluna de sustentação ceder. A medida foi tomada por questões de segurança após vistoria do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil do município (veja o vídeo abaixo).

Em entrevista à TV Tribuna, afiliada à Rede Globo, o capitão do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Eulálio, informou que a coluna que apresentou problemas estruturais está localizada no mezanino do prédio.

Segundo apontado pela construtora Rio D’ouro o problema estrutural aconteceu durante uma manutenção periódica. Sobre o assunto, o capitão dos bombeiros afirmou que “ainda não se sabe se o trabalho executado foi devido a uma reforma ou a um abalo anterior”.

Dois prédios são evacuados após coluna de sustentação de um deles sofrer ruptura

Dois prédios são evacuados após coluna de sustentação de um deles sofrer ruptura

Os moradores do edifício passaram por momentos de tensão durante o rompimento da coluna. “Foi um susto. Tremeu tudo! Parecia que o prédio estava caindo. A minha sacada foi reformada por eles [a construtora] há uns quatro meses, pois também tinha cedido, mas já teve rachadura dentro do apartamento”, desabafou o vendedor Fabrício Aquino.

Prédio residencial é evacuado em Praia Grande (SP) após coluna de sustentação ceder — Foto: Matheus Croce/g1

Já o Autônomo Matheus Pereira, que também mora no edifício, relatou que descansava em casa, ao lado da esposa, quando escutou o barulho da coluna cedendo. “Eu estava na sala e ouvi um estrondo. Senti a sala tremer. Quando fui até a sacada, vi um pessoal [na rua] gritando: ‘Desce daí!'”.

Por fim, o aposentado Claudio Antonio de Souza Dias explicou que, antes de sair do prédio, teve tempo apenas de pegar o celular. “Foi um estrondo e tremeu tudo. Desci assim, com a ‘roupa do corpo’ e com o celular na mão, apenas”.

Prédio residencial é evacuado após coluna ceder durante obra em Praia Grande, SP

Prédio residencial é evacuado após coluna ceder durante obra em Praia Grande, SP

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

operacao-verao-de-fiscalizacao-realiza-mais-de-23-mil-acoes-nas-praias-da-cidade

Prefeitura de Guarujá

Operação Verão de Fiscalização realiza mais de 23 mil ações nas praias da Cidade

O maior número de ocorrências registrado foi o de som abusivo na faixa de areia. Foram desligados 4.740 equipamentos, seguido de 2.078 animais na faixa arenosa e 1.652 tendas desmontadas A Operação Verão de Fiscalização das Praias 2022/2023 completou um mês de atividades com um total de 23.332 ocorrências registradas. Os números se referem ao período entre 17 de dezembro do ano passado e 17 deste mês, quando foi iniciada […]

today20 de janeiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%