Prefeitura de Guarujá

Prefeitura mobiliza equipes para reordenar a Cidade e atender vítimas das fortes chuvas

today19 de fevereiro de 2023 18

Fundo
share close

O volume de quase 400 milímetros é o maior nos últimos 70 anos; Ministério do Planejamento se colocou à disposição do Município e o Governo Estadual publicou o Decreto 67.502/23, declarando estado de calamidade pública  

Equipes de diversas secretarias da Prefeitura de Guarujá estão mobilizadas, desde a madrugada deste domingo (19), para atender e cuidar das 190 pessoas desalojadas em função dos quase 400 milímetros de chuvas ininterruptas das últimas 24 horas. O prefeito determinou a instalação do Gabinete de Gestão de Crise no início da manhã para dar celeridade às ações de atendimento aos munícipes e reordenamento da Cidade.

O volume de aproximadamente 400 milímetros é superior à média prevista para todo o mês de fevereiro, que era de 234 milímetros, e o maior índice da série histórica nos últimos 70 anos. Desde a década de 50 que o Município não recebia um volume de chuvas tão forte em curto espaço de tempo.

O Gabinete de Crise criado na manhã deste domingo, em reunião no Paço Municipal Moacir dos Santos Filho, definiu a abertura de dois polos para abrigar as pessoas removidas preventivamente de suas casas: a Escola Municipal Benedita Blac, no Jardim Umuarama (Perequê), cedida pela Secretaria de Educação (Seduc), e o Centro Esportivo Duque de Caxias (Tejereba), liberado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sel).

Os munícipes desalojados recebem o atendimento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas), com acolhimento seguro, alimentação, higienização, roupas limpas, referenciamento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e cadastro.



A mobilidade urbana em Guarujá e Vicente de Carvalho foi restabelecida com a retirada de barreiras e árvores caídas pelas equipes das secretarias municipais de Meio Ambiente (Semam) e de Operações Urbanas (Seurb), com caminhões, maquinários, tratores, pá-carregadeira e retroescavadeiras. A Estrada do Morro Sorocotuba, afetada pelo volume de terra, já foi liberada. As principais regiões afetadas são Perequê, Morro do Sorocutuba, Pernambuco, Maré Mansa e Morrinhos.

A Defesa Civil de Guarujá prossegue com o monitoramento das áreas. O órgão recebeu um aviso meteorológico da Defesa Civil do Estado para acumulados de até 150 milímetros em três dias, o que acabou sendo ultrapassado em quase três vezes. Com isso, as ações do Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) foram intensificadas desde a última quinta-feira (16), especialmente nas áreas de risco, além da publicidade dos fatos à população.

Atendimento em Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde montou um ambulatório para atendimento e monitoramento em cada um dos abrigos, além de equipes para realização de curativos e disponibilização de ambulância e de medicamentos em casos de diabetes e pressão alta, por exemplo.

Solidariedade

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Guarujá ofertou 500 peças de roupas, 200 cobertores e 400 quilos de alimentos aos desalojados. O FSS solicita ainda doações de kits de higiene (pasta de dente, escovas, sabonetes, absorventes, desodorantes, pentes), roupas de cama (lençol, fronha, travesseiros e cobertores), colchões, fraldas, leite e toalhas de banho.

A Secretaria de Defesa e Convivência Social (Sedecon), onde está inserida a Defesa Civil de Guarujá, auxiliou ainda na entrega de doações e apoio na segurança pública, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM).

Transporte

A empresa concessionária do transporte público, a City Transportes, também disponibilizou três ônibus para encaminhar os desalojados. Já a Polícia Militar cedeu 150 colchões para auxílio. Um colégio particular também doou 100 cestas básicas. Diversos munícipes também estiveram nos abrigos para oferecer doações.

Apoio dos Governos Federal e Estadual

A Secretaria de Planejamento (Seplan) tem dialogado com o Governo Federal, por meio do Ministério do Planejamento, para receber auxílio com as demandas necessárias. A ministra Simone Tebet, titular da pasta, colocou-se à disposição da Prefeitura de Guarujá em razão das necessidades em decorrência das fortes chuvas. O prefeito encaminhará ao Ministério as demandas do Município

Já o governador Tarcísio Freitas, diante do sinistro que atingiu todo o litoral norte e a Baixada Santista, declarou estado de calamidade pública, sob a publicação do Decreto Estadual 67.502/23, no Diário Oficial do Estado, e de celebração de convênios nos municípios atingidos pelas chuvas.

Cancelamento do Desfile Show de Carnaval

Diante de toda situação decorrente das fortes chuvas, a Secretaria de Cultura (Secult) comunicou às escolas de samba sobre a necessidade do cancelamento de todos os eventos relacionados ao Carnaval, incluindo Desfile Show, Música na Praça, desfiles de rua dos blocos e bandas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Arhtur Godioso

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corpo-e-encontrado-boiando-em-praia-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Corpo é encontrado boiando em praia no litoral de SP

Duas pessoas sumiram recentemente no mar, um velejador de 66 anos que foi ao mar testar o piloto automático do veleiro, e um homem de aproximadamente 25 anos que caiu da moto aquática. Corpo foi encontrado boiando na Praia do Éden, em Guarujá, SP — Foto: Reprodução O corpo de um homem foi encontrado na Praia do Éden, em Guarujá, no litoral de São Paulo. O Grupamento de Bombeiros Marítimo […]

today19 de fevereiro de 2023 50

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%