Gospel Prime

Presidente do Paraguai tem encontro com evangélicos em meio a apoio de ideologia de gênero

today9 de novembro de 2023

Fundo
share close

Recentemente, o presidente do Paraguai, Santiago Peña, se encontrou com líderes evangélicos da Associação de Igrejas Evangélicas do Paraguai (ASIEP) para discutir um acordo que o país assinou com a União Europeia. Durante a campanha eleitoral, Peña atraiu eleitores conservadores ao fazer a revogação desse acordo uma de suas principais promessas de campanha.

Segundo Evangelical Focus, esse acordo implica na promoção da “ideologia de gênero” na sociedade paraguaia. A oposição de Peña é o que levou um grande grupo de cristãos, incluindo evangélicos, a votar nele. Ele lidera o governo paraguaio desde 15 de agosto.

No entanto, depois de se tornar presidente, Peña mudou de posição quando o Senado, com o apoio de parte de seu partido e do ex-presidente Horacio Cartes, rejeitou o projeto de lei para revogar o acordo com a União Europeia. O presidente da ASIEP, Osvaldo Centurión, acusou o governo de trair seus eleitores.

“Estamos começando este governo com uma mensagem muito clara: eles prometeram revogar o acordo, mas nos apunhalaram pelas costas”, afirmou ele.

Além disso, o pastor Evangélico Jorge Márquez disse que “os políticos atuais estão mais interessados em ganhar votos com declarações politicamente corretas do que em defender a verdade, há muita decepção e seus valores são muito voláteis”.



Sendo assim, Peña se reuniu com a liderança evangélica, juntamente com o chefe da Casa Presidencial, Lea Giménez, o Ministro da Educação, Luís Ramírez, e o Ministro da Criança e Adolescente, Walter Gutiérrez. Eles asseguraram que o governo respeitará os valores do Paraguai.

Desse modo, em sua conta da plataforma X, o chefe de governo escreveu que teve uma reunião com pastores de diferentes igrejas, onde conversaram sobre a importância de proteger a família e “defender os valores que nos caracterizam como nação”. Peña destacou que também conversou com os representantes evangélicos sobre outros desafios que o Paraguai enfrenta.

“informamos sobre os esforços do governo para assinar uma emenda para respeitar a Constituição Nacional, os valores do Paraguai, a defesa da vida e da família, e reconhecer a importância da família e do casamento como pilar central da sociedade”, disse ele, quanto ao acordo com a União Europeia que finalmente entrou em vigor.

Por fim, evangélicos ficaram decepcionados com as ações do governo que deixaram muito a desejar em termos de defesa de valores e princípios. No entanto, o corpo evangélico também enfatizou a disposição para o diálogo e a determinação de trabalhar juntos para “construir a sociedade que todos desejamos no Paraguai”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-suspende-posse-e-porte-de-arma-do-deputado-da-cunha-apos-ser-acusado-de-agredir-ex-mulher

G1 Santos

Justiça suspende posse e porte de arma do deputado Da Cunha após ser acusado de agredir ex-mulher

Da Cunha é delegado de polícia e tinha uma união estável há três anos com a nutricionista. Ele foi acusado de agredir a companheira no apartamento do casal. O deputado foi denunciado pelo Ministério Público (MP) pelos crimes de lesão corporal, ameaça e dano. Ele nega as acusações. Deputado Delegado Da Cunha e nutricionista Betina tinham união estável há três anos — Foto: Reprodução Ainda na denúncia, o promotor Rogério […]

today9 de novembro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%