G1 Mundo

Prisão de Robinho repercute na imprensa italiana

today22 de março de 2024 10

Fundo
share close

Ex-jogador foi preso pela Polícia Federal no litoral de SP nesta quinta-feira (21). O STJ julgou favorável o apelo da justiça italiana para que Robinho cumprisse a pena de nove anos de prisão por estupro ocorrido na Itália em 2013.




Robinho é preso no litoral de SP pela Polícia Federal

Robinho é preso no litoral de SP pela Polícia Federal

O caso aconteceu em 2013, em uma discoteca. Em 2017, o ex-jogador de futebol foi julgado em Milão e condenado. Além de Robinho, outros cinco brasileiros foram condenados.

A condenação de nove anos foi confirmada por um tribunal de apelações em 2020 e validada pela Suprema Corte da Itália em 2022. Após a confirmação da condenação em três instâncias, a Itália pediu a extradição do brasileiro — ação vedada pela Constituição Federal — e emitiu um mandado de prisão internacional.

Como o Brasil não pode extraditar Robinho, a Itália recorreu ao STJ, por meio do Ministério da Justiça, com o pedido para que a pena seja cumprida no Brasil.

O STJ não julgou novamente a acusação contra o ex-jogador, ou seja, não revisitou o caso, avaliando fatos e provas. Simplesmente se manifestou se Robinho poderia ou não ser preso no Brasil.

STJ decide que Robinho deve cumprir no Brasil a pena de prisão de estupro a que foi condenado na Itália

STJ decide que Robinho deve cumprir no Brasil a pena de prisão de estupro a que foi condenado na Itália

Veja a repercussão na Itália, onde Robinho foi originalmente condenado:

Reprodução de página do ‘La Gazzetta dello Sport’ em 21 de março de 2024. — Foto: Reprodução

O jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, de Milão, o principal jornal de esportes da Itália, destacou que com a prisão nesta quinta (21) o Robinho começa a cumprir a pena de nove anos de prisão por estupro em presídio paulista.

O “Gazzetta” também disse que a defesa do ex-jogador apelou ao STF para conseguir um habeas corpus, mas que o recurso foi negado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

chefe-de-gangue-no-haiti-e-morto-durante-confronto-com-a-policia-em-porto-principe

G1 Mundo

Chefe de gangue no Haiti é morto durante confronto com a polícia em Porto Príncipe

Ti Greg, o chefe de uma das principais gangues do Haiti, foi morto durante um confronto com a polícia nesta quinta-feira (21). De acordo com as autoridades, ele havia fugido da prisão recentemente. O Haiti vive uma escalada na violência desde 2021. A crise se intensificou nas últimas semanas após uma penitenciária ter sido alvo de ataques em 2 de março, resultando na fuga em massa de centenas de detentos. […]

today22 de março de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%