G1 Santos

Professora aposentada abre mão de salário para continuar dando aulas: ‘tenho gás’

today1 de dezembro de 2023 4

Fundo
share close

Uma professora aposentada, de 50 anos, recebeu o aval da Prefeitura de Cubatão (SP) para continuar dando aulas de forma voluntária. Ao g1, Luciana Avelino Ramos afirmou, nesta sexta-feira (1), não queria ficar longe dos alunos e que tem gás para trabalhar. Ela continua com as aulas de música na escola onde trabalhou por 31 anos.

“Não queria ficar longe das crianças, não queria ficar longe da comunidade, da escola. Tenho muitos amigos na escola. Tudo isso me motivou a continuar e não deixar o projeto para trás”, contou ela que se ofereceu para trabalhar sem salário na Unidade Municipal de Ensino (UME) Estado do Amapá, na Ilha Caraguatá.

Luciana dava aulas às crianças da educação infantil II e, às vezes, mostrava música popular aos alunos — o que motivou a criação do projeto para dar aulas de música aos pequenos. Antes mesmo de se aposentar, ela apresentou a ideia à Secretaria de Educação, que aprovou e autorizou a atividade.



Ela se aposentou em 1° de setembro deste ano, mas não deu tempo para descansar, já engatou novo projeto e vai duas vezes por semana à escola para dar as aulas. “Me aposentei e comecei a trabalhar no voluntariado. Não deu tempo para nada”.

“Eu trabalho com música popular há muito tempo, mas eram com as minhas salas, pois não sou professora de música, não sou formada e não tenho técnica. Quis estender o projeto para a escola em que trabalho desde 94. Quero continuar o vínculo com a comunidade, com as crianças e não deixar o projeto morrer”, disse.

Luciana pediu à prefeitura de Cubatão que pudesse continuar dando aula sem receber salário após se aposentar — Foto: Arquivo Pessoal

Além de músicas de Natal, Luciana trabalha com grandes cantores da MPB. Ela contou que atualmente está apresentando aos pequenas a banda Paralamas do Sucesso por escolha deles. “Escolheram entre Jota Quest, Paralamas e Skank”.

A aula dela tem duração de 45 minutos e serve como uma atividade livre, onde as crianças aprendem sobre as músicas, seja por áudio ou vídeo, conhecendo a história do artista, o contexto, período em que foi feita.

“Tem uma parte em que eles perguntam se podem dançar e dançam, cantam. É uma aula que não faz parte do currículo da base”, explicou.

A moradora de Santos, cidade vizinha, contou que o amor pela educação é de família, pois a mãe e a tia também eram professoras.

“Tenho certeza que segui o caminho certo. Desde muito pequena queria ser [docente], já tinha [o desejo nas] brincadeiras. Enquanto professora a gente pode ajudar de alguma maneira a mudar a sociedade e isso para mim é muito importante”.

O amor pela profissão é a grande justificativa para não querer abandonar a sala de aula. “Achei que era uma coisa que valia a pena continuar. Acho que ainda tenho gás, faço um outro projeto voluntariado aos sábados em um cursinho em Santos. O voluntariado sempre fez parte da minha vida mesmo trabalhando, e achei que poderia fazer isso a mais para continuar ativa”.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

caminhoneiro-bate-e-arrasta-veiculo-de-autoridade-portuaria-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Caminhoneiro bate e arrasta veículo de autoridade portuária no litoral de SP; VÍDEO

Um caminhão bateu na traseira de um carro da Autoridade Portuária de Santos (APS) e o arrastou por alguns metros na Avenida Augusto Barata, no bairro Saboó. Conforme apurado pelo g1, nesta sexta-feira (1), ninguém ficou ferido. (veja o vídeo acima) O caso aconteceu no sentido Alemoa, em Santos, no litoral de São Paulo. De acordo com a APS, o veículo sofreu avarias, que não foram especificadas. O vídeo mostra […]

today1 de dezembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%