G1 Santos

Psicóloga ajuda mães após se frustrar na gestação da filha e receber o diagnóstico de baby blues

today14 de maio de 2023 4

Fundo
share close

Carolina Ferraz, de 37 anos, acreditou que viveria uma maternidade perfeita, porém, acabou se frustrando durante a gestação da filha Laura, de cinco anos, e foi diagnosticada com baby blues, um transtorno emocional que acomete muitas mulheres no pós-parto, devido às flutuações hormonais que ocorrem nesse período.

Ao g1, a moradora de Santos, no litoral de São Paulo, disse, neste domingo (14), que se decepcionou por não ter a disposição que achou que teria durante a gestação – momento em que percebeu a necessidade de um especialista para dar apoio emocional durante esse período. Hoje, Carolina se tornou psicóloga obstétrica e já ajudou centenas de mães.

  • 80% das mães apresentam sinais de baby blues, como mudança repentina de humor, uma melancolia que ocasiona, entre outras coisas, na perda de apetite e sentimentos de solidão.

Mesmo sendo psicóloga, passei por diversos aspectos emocionais que eu não estava preparada e informada. Eu fiquei curiosa e busquei uma área da psicologia que trabalhasse com a maternidade. Na faculdade a gente não vê nada disso, só que, na prática, eu senti falta de um profissional especialista olhando para mulher nesse período da vida“, explicou Carolina.



Carolina Ferraz, de 37 anos, presta auxílio psicológico durante o parto em Santos, no litoral de São Paulo — Foto: Arquivo pessoal

O que faz uma psicóloga obstétrica?

Segundo Carolina, a psicologia obstétrica é uma área especializada em cuidar de mulheres do momento em que decidem engravidar até o pós-parto. A especialidade também auxilia em situações de perda gestacional e de luto materno e paterno.

Quando cuidamos da mãe, estamos cuidando também desse bebê, porque o útero, a vida intrauterina, é a primeira escola de vida do bebê […]. Atuando com esses bebês ainda no útero, no futuro, serão adultos saudáveis porque mães saudáveis emocionalmente geram e criam filhos saudáveis. Nosso trabalho impacta gerações e toda a sociedade”, destacou Carolina.

Carolina contou que teve o trabalho negado em diversas maternidades da Baixada Santista. Em 2021, decidiu conversar com a coordenadora da Maternidade São Lucas de Santos para explicar o que faz uma psicóloga obstétrica e pedir autorização para participar do parto de uma paciente.

Para surpresa da psicóloga, foi convidada para trabalhar no hospital e implantou o primeiro Ambulatório de Pré-Natal Psicológico da região, através do Projeto Parto Adequado do Hospital Albert Einstein.

“Para mim é um orgulho muito grande trabalhar com mães e ajudar tantas mulheres, bebês, famílias. Cuidar do nascimento das famílias e do começo da vida é a minha maior missão e realização”, afirmou Carolina, que também presta assistência para a rede apoio das mães.

Carolina Ferraz é pioneira na especialidade de psicologia obstétrica na Baixada Santista — Foto: Reprodução/Instagram

Ao g1, a psicóloga obstétrica disponibilizou alguns dados que mostram a importância de um acompanhamento psicológico desde a tentativa de engravidar até o puerpério, período após o nascimento do bebê. Veja abaixo:

  • 80% das mães apresentam sinais de baby blues: Mudança repentina de humor, perda de apetite e sentimentos de solidão
  • Há 70 vezes mais chances de suicídio materno no primeiro ano após o nascimento do filho
  • 25% das mulheres têm depressão pós-parto
  • 20% dos casais se separam no primeiro ano após o nascimento do filho
  • 15% das gestantes desenvolvem depressão gestacional, o que representa o dobro das que desenvolvem diabetes gestacional

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quatro-avioes-militares-russos-sao-derrubados-perto-da-fronteira-com-a-ucrania,-dizem-agencias-russas

G1 Mundo

Quatro aviões militares russos são derrubados perto da fronteira com a Ucrânia, dizem agências russas

A causa das explosões não foi confirmada oficialmente. Segundo a agência de notícias russa Kommersant, forças ucranianas teriam armado uma emboscada para derrubar um caça-bombardeiro Su-34, um caça Su-35 e dois helicópteros. O Su-34 é considerado um dos principais equipamentos do exército russo. A agência de notícias estatal russa TASS noticiou a queda do Su-34 em Bryansk, mas não especificou a causa. A agência também citou serviços de emergência da […]

today13 de maio de 2023 23

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%