G1 Mundo

Putin acusa Ucrânia de crimes ‘neonazistas’ no Dia da Lembrança do Holocausto

today27 de janeiro de 2023 12

Fundo
share close

Discurso é utilizado pelo Kremlin para justificar a invasão na Ucrânia nos últimos 11 meses.


Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante reunião nos arredores de Moscou — Foto: Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin via REUTERS



O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acusou nesta sexta-feira (27) a Ucrânia de cometer crimes “neonazistas”, em uma retórica que utiliza com frequência para justificar sua ofensiva militar, desta vez no Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

“Esquecer as lições da história leva à repetição de tragédias terríveis. Isto é evidenciado pelos crimes contra civis, a limpeza étnica e as ações punitivas organizadas pelos neonazistas na Ucrânia“, afirmou Putin em um comunicado. “É contra este mal que nossos soldados lutam de maneira corajosa”, acrescentou.

Pôster russo colado na parede de porão na Ucrânia carrega propaganda anti-nazista escrita “Se sairmos, eles virão” — Foto: Zohra Bensemra/REUTERS

Um dia antes do discurso, a A Ucrânia afirmou que as forças russas lançaram dezenas de mísseis contra vários alvos no país e que seus sistemas de defesa aérea derrubaram 24 drones russos durante a noite.

“Onze pessoas ficaram feridas e, infelizmente, outras 11 morreram”, disse o porta-voz Oleksander Jorunejy à televisão ucraniana. Ele disse que os danos mais significativos ocorreram na região de Kiev.

A Rússia está tentando causar “um colapso sistêmico” na rede nacional, disse o ministro da Energia, German Galushchenko.

“A situação ainda está sob controle”, disse o primeiro-ministro Denys Shmygal.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

junta-militar-de-mianmar-estabelece-regras-mais-severas-para-partidos,-mas-promete-eleicoes

G1 Mundo

Junta militar de Mianmar estabelece regras mais severas para partidos, mas promete eleições

As siglas terão até o fim de março para registrar as siglas sob a nova lei, publicada nesta sexta em um jornal estatal. As regras são as seguintes: As organizações políticas existentes ou em processo de criação têm 60 dias para registrar seus nomes na Comissão Eleitoral designada pelo Exército.Cada partido deve prometer que "ao menos 100.000 membros serão mobilizados" nos 90 dias posteriores à homologação do registro;As siglas devem […]

today27 de janeiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%