G1 Mundo

Rei Charles III adia visita a Paris por conta de protestos contra reforma da Previdência na França

today24 de março de 2023 39

Fundo
share close

O governo francês disse que o adiamento da viagem foi informado pelo próprio monarca ao presidente francês, Emmanuel Macron, por telefone nesta manhã. Esta seria a primeira viagem de Charles como rei ao país vizinho.

“Dado o anúncio ontem de outro dia de protesto nacional contra a reforma da previdência na terça-feira, a visita do rei Charles, inicialmente marcada para 26 e 29 de março, será adiada”, disse o Palácio do Eliseu em um comunicado.

As manifestações, que entram hoje no 10º dia consecutivo, reunem milhões de pessoas revoltadas contra não só a reforma mas também a forma de Macron de aprová-la.



A votação que ocorreria entre os deputados foi então cancelada, gerando fortes críticas e revolta da população. Garis, em protesto, fazem greve há mais de dez dias, e o lixo se acumula nas ruas de Paris.

Nesta sexta, sindicatos anunciaram mais um dia de greve geral, na terça-feira (28).

O governo francês argumenta que a reforma é a única forma de sustentar o sistema previdenciário da França, sobrecarregado pelo aumento do número de idosos no país nas últimas décadas.

França volta a ter protestos contra reforma previdenciária. — Foto: Emmanuel Dunand/AFP

Na quinta-feira (23), mais de um milhão de pessoas se manifestaram em Paris. Parte dos manifestantes bloqueou o acesso a um terminal do principal aeroporto da cidade, o Charles de Gaulle, forçando alguns viajantes a chegar no local a pé.

Manifestações acontecem em todo o país contra a reforma previdenciária de Macron




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

apos-ataque-dos-eua-que-matou-14-pessoas-na-siria,-base-americana-e-atingida-por-misseis

G1 Mundo

Após ataque dos EUA que matou 14 pessoas na Síria, base americana é atingida por mísseis

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, disse que nenhum funcionário americano ficou ferido no ataque. Ele chamou o incidente de uma reação à retaliação dos EUA contra grupos alinhados ao Irã na área. "Não é incomum, quando tomamos um ataque de retaliação como este, que eles respondam com algum disparo de foguete ineficaz. E estes foram em grande parte, completamente ineficazes", disse Kirby à […]

today24 de março de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%