G1 Santos

Robinho está liberado para jogar futebol no ‘presídio dos famosos’; entenda

today3 de abril de 2024 2

Fundo
share close

O ex-jogador ficou 10 dias sozinho em uma cela de 8m² para adaptação e realização de avaliações necessárias pela equipe da penitenciária. Depois deste período, ou seja, desde domingo (31) ele passou a dividir com outro detendo uma cela comum de 2 x 4 metros de dimensão.

Agora, de acordo com Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o ex-jogador poderá participar de partidas de futebol, além de oficinas de teatro, aulas de inglês, ações religiosas, ensaios musicais e sessões de filmes seguidas de comentários.

Robinho está preso na Penitenciária de Tremembé (SP) — Foto: TV Globo/Reprodução



O advogado José Eduardo Alckmin afirmou ao g1 que Robinho está bem e vivendo a rotina do presídio. Ele não teve contato com o ex-atleta desde a prisão. As informações sobre a situação na penitenciária são passadas pela esposa do ex-jogador à defesa.

“Claro que ele preferia estar solto e vivendo a vida dele. Mas, dentro do possível, ele está bem”, afirmou o advogado.

Em 2023, Daniel Alves disputou uma partida de futebol dentro do Centro Penitenciário de Brians 2, em Barcelona, na Espanha. O feito gerou tanta repercussão dentro e fora da prisão que as autoridades do local colocaram uma tela para impedir a visão de vizinhos.

Daniel Alves foi condenado por ter estuprado uma mulher em uma boate na Espanha. No último dia 25, o ex-jogador deixou a penitenciária depois de quase 15 meses preso. Ele pagou uma fiança de 1 milhão de euros respaldado por uma autorização de liberdade provisória.

Em 2020, Ronaldinho Gaúcho foi flagrado jogando futsal e futevôlei com outros presos na Agrupación Especializada, cadeia onde estava detido em Assunção, no Paraguai. Na ocasião, conforme apurado pelo ge, ele comandou a goleada por 11 a 2, com cinco gols e seis assistências.

Ronaldinho Gaúcho foi flagrado jogando futsal e futevôlei em penitenciária, em 2020 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O ex-jogador integrou o time de Fernando González Karjallo, ex-presidente do Sportivo Luqueño, que também estava preso no local. O deputado Miguel Cuevas, por sua vez, era da outra equipe. Ele tentou marcar Ronaldinho e não conseguiu.

Ronaldinho e o irmão Roberto de Assis foram presos após entrarem no Paraguai com passaportes e documentos paraguaios adulterados. Depois de quase seis meses detidos, o juiz concedeu prisão domiciliar e, em seguida, eles foram liberados mediante fiança de 1,6 milhão de dólares.

Com o fim do período de isolamento, o ex-jogador poderá trabalhar dentro da penitenciária, conforme critérios — não especificados pela SAP — do Centro de Trabalho e Educação da unidade, além de receber visitas da família.

Em nota, a SAP explicou à equipe de reportagem que Robinho será chamado para indicar de quais familiares quer receber visitas. Em seguida, as pessoas escolhidas poderão encaminhar a documentação necessária para confecção da carteirinha de visitante.

Robinho durante audiência de custódia em Santos (SP) — Foto: Jornal Nacional/Reprodução

Com a documentação de acordo com as exigências do Regime Interno Padrão da SAP, o ex-jogador poderá receber os familiares na penitenciária aos finais de semana.

A penitenciária, onde Robinho cumpre pena, é conhecida como ‘presídio dos famosos’. No local, há detentos de outros casos de repercussão, como:

  • Alexandre Nardoni, condenado pela morte da filha Isabella
  • Cristian Cravinhos, preso pelo assassinato do casal Richthofen
  • Lindemberg Alves, que matou Eloá Pimentel
  • Gil Rugai, condenado pela morte do pai e da madrasta.

O local já recebeu também Mizael Bispo, que cumpriu pena por matar Mércia Nakashima, e Edinho, o filho de Pelé.

Conheça a P2 de Tremembé, para onde Robinho foi transferido em SP; local é chamado de ‘presídio dos famosos’. — Foto: Arte/g1

O crime de violência sexual coletiva ocorreu em 2013, quando Robinho era um dos principais jogadores do Milan, clube de Milão, na Itália. Nove anos após o caso, em 19 de janeiro de 2022, a justiça daquele país o condenou em última instância a cumprir a pena estabelecida.

Robinho foi condenado após ter estuprado junto com outros cinco homens uma mulher albanesa em uma boate em Milão. A vítima, inclusive, estava inconsciente devido ao grande consumo de álcool. Os condenados alegam que a relação foi consensual.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘maniaco-da-peruca’:-justica-reduz-pena,-mas-mantem-condenacao-por-assassinatos-em-serie

G1 Santos

‘Maníaco da Peruca’: Justiça reduz pena, mas mantém condenação por assassinatos em série

Flávio ficou conhecido como o 'Maníaco da Peruca' em 2014, quando, usando o endereço de uma clínica odontológica na cidade como disfarce, disparou contra os donos e uma funcionária de outro estabelecimento concorrente. Ele está preso na Penitenciária José A. C. Salgado, a P-II de Tremembé, no Vale do Paraíba. Antes de ser detido em 2018, passou quatro anos foragido. Conforme apurado pelo g1, Flávio havia sido condenado inicialmente a […]

today2 de abril de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%