G1 Mundo

Rússia amplia conquista em território chave da Ucrânia, que anuncia retirada para ‘salvar vidas’

today17 de fevereiro de 2024 18

Fundo
share close

Avdiivka foi brevemente tomada em julho de 2014 pelos separatistas pró-russos, mas voltou ao controle de Kiev, que a manteve durante todo esse tempo apesar de sua proximidade com Donetsk, reduto separatista no leste da Ucrânia.

Desde outubro, os soldados ucranianos resistiam em inferioridade numérica e material aos ataques russos contra esta localidade na bacia de mineração do Donbass, onde a situação se tornou especialmente crítica nos últimos dias.

“Na situação em que o inimigo avança sobre os cadáveres de seus próprios soldados e com dez vezes mais obuses [peças de artilharia] […] Esta é a única solução viável”, justificou o general Tarnavski ao anunciar a retirada.



Ele também reconheceu que “vários soldados” ucranianos foram “capturados” pelas forças russas.

Jornada europeia de Zelensky

A tomada da cidade ocorre enquanto Zelensky viaja pela Europa.

O presidente lamentou neste sábado a falta de munição e armas à disposição de seu Exército, o que confere uma vantagem às tropas russas.

A vide-presidente americana Kamala Harris disse em Munique que o apoio à Ucrânia não deve depender de “jogos políticos” nos Estados Unidos.

Os Estados Unidos são o país que mais têm ajudado a Ucrânia com pacotes financeiros, mas atualmente cerca de 60 mil milhões de dólares para Kiev estão retidos por conta de discordância do uso do dinheiro no Congresso dos EUA.

Neste contexto, Zelensky assinou na sexta-feira dois acordos bilaterais de segurança, um deles em Berlim com o chanceler alemão Olaf Scholz e outro em Paris, com o presidente francês Emmanuel Macron.

Primeiro dia de discussões no Fórum Econômico Mundial tem discurso de Zelensky

Primeiro dia de discussões no Fórum Econômico Mundial tem discurso de Zelensky




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mais-de-350-pessoas-foram-presas-na-russia-em-manifestacoes-pela-morte-de-alexei-navalny,-diz-ong

G1 Mundo

Mais de 350 pessoas foram presas na Rússia em manifestações pela morte de Alexei Navalny, diz ONG

A informação é de uma das maiores ONGs de direitos humanos da Rússia, a OVD-Info. A organização atualiza ao vivo o número de presos. A atualização mais recente é de 12h30 no horário de Brasília —18h30 em Moscou. Essa é a maior onda de detenções em eventos políticos na Rússia desde setembro de 2022, quando mais de 1.300 pessoas foram presas em manifestações contra uma “mobilização parcial” de reservistas para […]

today17 de fevereiro de 2024 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%