G1 Mundo

Rússia detecta objeto não identificado no céu e fecha espaço aéreo de São Petersburgo

today1 de março de 2023 15

Fundo
share close

A Rússia detectou nesta terça-feira (28) um objeto não identificado no céu da região de São Petersburgo, a segunda maior cidade russa, no oeste do país. Autoridades locais decidiram fechar o espaço aéreo e chegaram a cancelar todos os voos desta manhã que estavam previstos para decolar ou pousar no aeroporto Pulkovo, o principal da cidade.

Os voos já foram retomados, e o espaço aéreo, que ficou fechado em um raio de 200 quilômetros ao redor do aeroporto, foi reaberto por volta do meio-dia no horário local (06h no horário do Brasil). O governo russo, no entanto, ainda não havia informado se já sabe a origem do objeto até a última atualização desta notícia.

O presidente russo, Vladimir Putin, foi informado da situação, mas não deve se pronunciar sobre o caso, segundo informou o Kremlin após o episódio.



Segundo a agência de notícias russa RIA Novosti, o objeto voador de São Petersburgo foi detectado por serviços de emergência da cidade. A imprensa local afirmou que caças das Forças Aéreas chegaram a sobrevoar os céus da região em busca do objeto, mas não encontraram nada.

Dados do site FlightRadar24, que monitora voos em tempo real no mundo inteiro, mostraram uma série de voos com destino a São Petersburgo retornando aos seus destinos na terça-feira. O fechamento aéreo também afetou voos a caminho do enclave russo de Kaliningrado, que têm de sobrevoar o espaço aéreo de São Petersburgo e precisaram fazer desvios.

Suposto balão espião da China sobrevoa os Estados Unidos

Suposto balão espião da China sobrevoa os Estados Unidos

O episódio ocorre em meio ao aparecimento de uma série de objetos voadores não identificados pelo mundo (veja onde apareceram) e ao caso do balão chinês nos Estados Unidos que foi derrubado. A derrubada do balão colocou Washington e Pequim em uma crise diplomática sem precendentes nos últimos anos.

O balão, de tamanho equivalente a três ônibus, começou a ser visto nos céus da costa oeste dos Estados Unidos no começo de fevereiro. Rapidamente, o Pentágono detectou o objeto e afirmou ser um balão chinês. Pequim reconheceu que se tratava de um equipamento da China, mas alegou fins de pesquisa meteorológica e científica.

Washington retrucou e acusou o governo chinês de espionagem. Dias depois, forças dos EUA derrubaram o balão e afirmaram ter encontrado radares de espionagem nele.

O governo norte-americano colocou em estado de alerta as Forças Aéreas, que, em uma sequência de três dias, encontraram e derrubaram outros três objetos voadores, desta vez não identificados.

Países como China e Uruguai também afirmaram ter detectado objetos não identificados em seu espaços aéreos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

tempestade-de-raios-ilumina-ceu-no-litoral-de-sp-e-impressiona;-veja-fotos

G1 Santos

Tempestade de raios ilumina céu no litoral de SP e impressiona; VEJA FOTOS

Ao g1, o Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), informou que foram registrados 55 raios na cidade no último domingo (26). O meteorologista da Defesa Civil de Santos Franco Cassol ressaltou que há previsão de mais raios para os próximos dias. Segundo o Elat, entre 2016 e 2019, Santos aparecia na 653ª posição entre os 5.565 municípios brasileiros com maior incidência de raios. No […]

today28 de fevereiro de 2023 43

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%