G1 Mundo

Rússia diz que JPMorgan parou de processar pagamentos de grãos

today4 de agosto de 2023 3

Fundo
share close

O banco norte-americano JPMorgan parou nesta semana de processar pagamentos para o Banco Agrícola Russo, disse a Rússia nesta sexta-feira, ao exigir ações, e não promessas, de Washington para ajudar os grãos e fertilizantes russos a chegarem aos mercados globais.

O JPMorgan lidou com alguns pagamentos de exportação de grãos russos nos últimos meses com garantias de Washington. Essa cooperação, no entanto, parou nesta semana, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta sexta-feira.

“O canal direto entre o Banco Agrícola Russo e o JPMorgan foi fechado em 2 de agosto”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, segundo a imprensa russa.



As Nações Unidas, o Departamento de Estado dos EUA e o JPMorgan não quiseram comentar.

Moscou havia permitido a exportação segura de grãos ucranianos pelo Mar Negro no ano passado, sob um acordo que expirou em 17 de julho. A Rússia tem uma lista de exigências que deseja ver atendidas antes de retomar ao acordo.

Sob um pacto relacionado — também negociado em julho de 2022 — as autoridades da ONU concordaram em ajudar as exportações russas de alimentos e fertilizantes a atingir os mercados globais.

“Assim que isso for feito, este acordo será imediatamente renovado”, disse nesta sexta-feira a jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

deslizamento-de-terra-deixa-ao-menos-11-mortos-na-georgia

G1 Mundo

Deslizamento de terra deixa ao menos 11 mortos na Geórgia

O primeiro-ministro da Geórgia, Irakli Garibachvili, disse que as equipes de resgate ainda procuram cerca de 30 pessoas desaparecidas. Ele disse que deu ordens ao exército para participar das operações de buscas. O deslizamento de terra ocorreu na quinta-feira (3), após vários dias de chuvas perto de um hotel em Shovi, um centro turístico nas montanhas da região de Racha. Chalés, linhas de energia, estradas e pontes foram danificados. Cerca […]

today4 de agosto de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%