G1 Santos

Santistas conquistam 2º lugar na 38ª Jornada de Foguetes

today15 de agosto de 2023 7

Fundo
share close

Nove alunos da Escola Maple Bear Santos, de 12 e 13 anos, participaram da 38ª Jornada de Foguetes e sagraram-se vice-campeões. O evento, realizado pela Universidade do Rio de Janeiro, em parceria com Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e a Agência Espacial Brasileira (AEB), ocorreu em Barra do Piraí, no Estado do Rio, dia 26 de março.

São eles: Maria Clara Carvalho (Y9), Francesco Melotti (Y9), Giorgio Melotti (Y8), Manuela Silva (Y9), Manuela Jesus(Y9), Mariana Gil (Y9), Julia Paiva (Y9), Lara Dias (Y8) e Beatriz Elias (Y9). Divididos em equipes, os alunos produziram os artefatos e lançaram foguetes reais.

“Foi uma experiência totalmente enriquecedora para nossos alunos, em todos os aspectos. Eles tiveram contato com jovens do Brasil inteiro, de diferentes cidades e realidades. Além disso, puderam vivenciar na prática todo o conhecimento teórico adquirido durante nossas aulas de Física”, afirmou a professora Pamela Alves, que orientou e acompanhou os alunos em todas as etapas da Jornada.



Eles conquistaram a vaga na Jornada, porque, dentre quase dois milhões de participantes, classificaram-se com boas colocações na 16ª Mostra Brasileira de Foguetes, a MOBFOG, também realizada pela SAB e AEB. O objetivo dessa Olimpíada é fomentar o interesse dos jovens pela astronáutica, física, astronomia e ciências, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica, mobilizando alunos, professores, coordenadores, diretores, pais e escolas, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

Maple Bear Santos — Foto: Divulgação

Para a professora Pamela, após a participação de seus alunos, é notória a evolução social e pedagógica de cada um. “A experiência vivida por eles será levada para a vida toda. Além dos lançamentos, eles tiveram que apresentar seus projetos para inúmeros alunos de outras escolas e professores especialistas e, ainda, responderam uma sabatina de perguntas”, destacou.

Pamela destacou, ainda, que se a conquista se estender ao Ensino Médio, os alunos medalhistas olímpicos têm chances de ingressarem em universidades brasileiras, sem precisar prestar vestibular, e fora do Brasil, será possível almejar bolsa de estudos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

da-tecnologia-a-sustentabilidade:-profissoes-emergentes-podem-moldar-o-futuro

G1 Santos

Da tecnologia à sustentabilidade: profissões emergentes podem moldar o futuro

Profissões que antes eram fundamentais tornaram-se dispensáveis e deixaram espaço para outras funções e competências exigidas pela era da revolução tecnológica. O consumo de tecnologia, por exemplo, tende a aumentar nas empresas, e a presença de pessoas com propósitos capazes de conceber, implementar e gerir sistemas será fundamental. O futuro também exigirá mais desenvolvedores (de softwares, aplicativos e soluções) e especialistas em segurança. As informações coletadas em inúmeras fontes (sistemas […]

today15 de agosto de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%