G1 Mundo

Sem acordo na Câmara, EUA começam a se preparar para paralisação de serviços públicos

today28 de setembro de 2023 8

Fundo
share close

Funcionários públicos dos Estados Unidos começaram a receber, na quinta-feira (28), notificações oficiais sobre a provável falta de fundos do governo federal para remunerar seus serviços, e muitos ficarão em desemprego técnico temporário ou deverão trabalhar sem receber salários.

Tal paralisação, que já ocorreu outras vezes no país, deve começar no domingo (1º) caso o Congresso não chegue a um acordo sobre uma nova lei orçamentária — e, ao que tudo indica, é isso que deve acontecer.

Os funcionários do governo federal e os militares preparam-se há dias para esse “shutdown”, que pode causar distúrbios no tráfego aéreo, fechamento de espaços e de repartições públicas.



“Os empregados designados e pré-notificados estariam temporariamente em desemprego técnico, o que significa que não estariam autorizados a trabalhar ou a utilizar os recursos da secretaria”, informou o Departamento de Saúde em um e-mail enviado a funcionários.

Os serviços considerados “essenciais” serão mantidos. No entanto, os funcionários deverão esperar até o final do “shutdown” para receberem seus salários de forma retroativa.

A paralisação mais longa nos Estados Unidos durou 35 dias, entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019.

A única solução seria um acordo de último minuto na madrugada de 30 de setembro para primeiro de outubro entre republicanos e democratas no Congresso.

O Senado conseguiu um acordo de curto prazo que daria mais tempo aos legisladores para um acordo definitivo, mas na Câmara dos Representantes, o texto não passará: partidários de Donald Trump rejeitam apoiar qualquer texto que inclua ajuda financeira à Ucrânia, como deseja a Casa Branca.

O líder dos democratas no Senado, Chuck Schumer, atacou duramente o líder da maioria republicana na Câmara Baixa, Kevin McCarthy.

“Um pequeno número de extremistas — que não se importam em governar ou em preservar a democracia ou a força dos Estados Unidos no mundo — tem mais influência sobre McCarthy que a maioria de seu partido e a vasta maioria da Câmara dos Representantes”, disse.

A Casa Branca quer incluir no novo orçamento um pacote de 24 bilhões de dólares (cerca de R$ 122 bilhões) em ajuda militar e humanitária à Ucrânia.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

estudante-de-14-anos-esfaqueia-cinco-pessoas-em-escola-na-espanha

G1 Mundo

Estudante de 14 anos esfaqueia cinco pessoas em escola na Espanha

Um estudante de 14 anos esfaqueou três professores e dois alunos, nesta quinta-feira (28), em uma escola de ensino médio em em Jerez de la Frontera, no sul da Espanha. O jovem foi detido e levado para a delegacia após o ataque. A responsável regional de Desenvolvimento Educacional, Patrícia del Pozo, afirmou que quatro dos cinco feridos foram enviados ao hospital, mas uma das professoras, que foi atingida na pálpebra, […]

today28 de setembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%