G1 Mundo

Sergio Massa e Javier Milei votam nas eleições da Argentina

today19 de novembro de 2023 10

Fundo
share close

O primeiro a votar foi o ministro da Economia Massa, o candidato peronista apoiado pelo governo. Massa deixou sua casa para votar em um colégio do município de Tigre, nos arredores da capital argentina, por volta do meio-dia.

Após a votação, Massa falou de uma “nova etapa”.

“Começamos uma nova etapa na Argentina, com diálogos e consensos necessários para que nossa pátria percorra um caminho muito mais virtuoso no futuro”, declarou o candidato.



Seu rival Javier Milei, que está em um hotel da cidade, votou pouco tempo depois em Buenos Aires. Milei foi xingado ao chegar ao local de votação.

Na saída, disse estar tranquilo.

“Estou muito tranquilo, fizemos todo o esforço. Agora que abram as urnas”, disse.

Antes deles, o atual presidente argentino, Alberto Fernández, votou também em Buenos Aires e disse que, apesar das tensões durante a campanha, o país conseguiu provar que respeita os processos democráticos.

Mais de 35 milhões de argentinos também foram convocados a votar em um dos processos eleitorais mais tensos e incertos da história recente do país – As principais pesquisas de intenção de voto indicaram um empate técnico entre ele e Milei, com uma pequena vantagem pars da Milei.

Apesar de ter sido alvo de críticas durante a campanha eleitoral por estar à frente da pasta da Economia em meio a uma das crises econômicas mais profundas da história recente do país, Sergio Massa surpreendeu no primeiro turno e terminou em 1º lugar.

Candidatos na Argentina encerram campanha sob clima de incerteza e forte rejeição

Candidatos na Argentina encerram campanha sob clima de incerteza e forte rejeição

Em atos na quinta-feira (16), o último dia da campanha, Massa e Milei centraram discursos em tentar convencer eleitores ainda indecisos, que podem ser determinantes para os resultados diante de um cenário incerto.

Além da incerteza, os eleitores também vão às urnas sob o clima de medo e raiva, de ambos os lados. Os índices de rejeição dos dois candidatos passa de 50%.

“Estamos diante de uma das campanhas mais agressivas já presenciadas, e a sociedade ficou ainda mais polarizada”, declarou à AFP Paola Zubán, diretora da consultoria ‘Zubán, Córdoba y Asociados’, que prevê um resultado muito apertado. “Será uma eleição voto a voto.”

Sergio Massa segura um leão de pelúcia durante ato de encerramento de campanha em uma escola de Buenos Aires, em 16 de novembro de 2023. — Foto: Ministério da Economia da Argentina via Reuters

Para fechar sua campanha, Sergio Massa optou por uma série de atos em Buenos Aires direcionados a jovens e idosos. Conversou com estudantes de uma escola no centro da capital e visitou uma idosa de 104 anos.

Já Javier Milei, da coligação Liberdade Avança, viajou à província de Córdoba, onde há uma forte oposição ao peronismo e, portanto, ao atual governo.

Lá, o candidato opositor liderou um comício na companhia de Patrícia Bullrich, candidata da direita que terminou em terceiro lugar no primeiro turno das eleições e, dias depois, declarou apoio a Milei.

O candidato à presidência da Argentina Javier Milei durante ato de encerramento da campanha do 2º turno em Córdoba, na Argentina, em 16 de novembro de 2023. — Foto: Matias Baglietto/ Reuters

Durante a campanha do segundo turno, Javier Milei, o polêmico candidato que se define como “anarcocapitalista” e promete dolarizar a economia, além de ter propostas que diminuem o papel do Estado em áreas como saúde e educação, tentou moderar o tom.

Já Sergio Massa, o candidato peronista, apoiado pelo governo atual, do qual faz parte como titular da pasta da Economia, buscou sair do alvo dos ataques que marcou sua campanha no primeiro turno, principalmente por comandar a pasta da Economia durante uma das crises econômicas mais graves da história recente do país.

No último debate entre os dois candidatos, no domingo (12), especialistas e a imprensa do país indicaram uma vitória clara de Sergio Massa, que adotou um tom mais sóbrio e desafiador, colocando Milei contra a parede e conseguindo desmontar argumentos de seu rival raivoso e sem conseguir concluir seus próprios argumentos.

Mas há dúvidas se o debate, uma semana antes do pleito, ainda refletirá nas urnas.

Sergio Massa (esquerda) e Javier Milei disputam segundo turno das eleições presidenciais na Argentina neste domingo (18) — Foto: JUAN MABROMATA, Tomas CUESTA / AFP

Na quinta-feira (16), horas antes do encerramento oficial da campanha eleitoral, o partido de Milei denunciou na Justiça Eleitoral argentina uma suposta tentativa de fraudar urnas durante o primeiro turno por parte de forças policiais do país e a favor de Sergio Massa.

Na denúncia, encabeçada pela irmã de Milei, a sigla pede medidas cautelares de proteção às urnas, mas, segundo a imprensa local, não apresentou provas da suposta fraude.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

negra-e-filha-de-domestica:-quem-foi-maria-d’apparecida,-primeira-brasileira-a-cantar-na-opera-de-paris

G1 Mundo

Negra e filha de doméstica: quem foi Maria D’Apparecida, primeira brasileira a cantar na Ópera de Paris

Avessa aos festejos, ela havia se abrigado em casa, e passou a noite ouvindo música — atividade que, segundo ela, faz parte de seu processo criativo. "Às vezes, faço pesquisas sonoras para formar uma espécie de acervo sensível", afirma. "Isso me ajuda na escrita, e naquela madrugada resolvi buscar algumas coisas no YouTube." Dali a alguns minutos, escutaria um trecho de Carmen, ópera em quatro atos composta pelo francês Georges […]

today19 de novembro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%