G1 Santos

Servidores municipais de Santos, SP, terão reajuste salarial de 8%; entenda

today22 de fevereiro de 2024 6

Fundo
share close

Haverá ainda aumento no valor da cesta básica e auxílio alimentação.


Prefeitura de Santos (SP) divulgou reajuste — Foto: Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal



Os servidores públicos municipais da Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, terão um reajuste salarial de 8%. Segundo a administração municipal, também haverá aumento no valor do auxílio alimentação e da cesta básica.

O projeto de reajuste foi enviado à Câmara dos Vereadores, no início deste mês, aprovado no último dia 15 e sancionado na segunda-feira (19).

Ao todo, o reajuste contemplará 11.200 servidores ativos, gerando impacto financeiro mensal sobre a folha de pagamento de aproximadamente R$ 10 milhões. Os servidores da administração indireta e inativos também serão contemplados com o reajuste salarial de 8%.

O auxílio alimentação terá aumento de 11,11%, que corresponde a R$ 40 a mais por dia. Desta forma, o valor total será R$ 880. Já na cesta básica, o reajuste será de 10%, resultado em R$ 477.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

registro,-sp,-decreta-situacao-de-emergencia-por-epidemia-de-dengue-apos-morte-pela-doenca

G1 Santos

Registro, SP, decreta situação de emergência por epidemia de dengue após morte pela doença

A Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo, decretou estado de emergência pela epidemia de dengue no município nesta quinta-feira (22). Segundo a administração municipal, serão adotadas novas medidas de combate à doença e proliferação do mosquito Aedes aegypti por seis meses. De acordo com a Prefeitura de Registro, a medida leva em consideração o aumento de casos da doença e as condições favoráveis para reprodução do mosquito devido […]

today22 de fevereiro de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%