G1 Mundo

Sete seleções europeias deixarão de utilizar braçadeiras ‘ONE LOVE’

today21 de novembro de 2022 12

Fundo
share close

“Você não quer que o capitão comece a partida com um cartão amarelo. É por isso que é com o coração pesado que nós, como grupo de trabalho da Uefa… e como equipe, decidimos abandonar nosso plano”, diz o comunicado.

A Fifa avisou às seleções que capitães que utilizarem a braçadeira na partida serão penalizados esportivamente (com cartão amarelo) antes mesmo de a partida começar, além de uma multa financeira.

Atacante inglês Harry Kane durante jogo contra a Itália utilizando a braçadeira “OneLove” — Foto: Antonio Calanni/AP



“Estávamos preparados para pagar multas que normalmente se aplicariam a violações dos regulamentos do kit e tínhamos um forte compromisso de usar a braçadeira […]. No entanto, não podemos colocar nossos jogadores na situação em que possam receber um cartão amarelo ou até mesmo serem forçados a deixar o campo de jogo.”

São parte dessa decisão as seleções da Inglaterra, Gales, Bélgica, Holanda, Suíça, Alemanha e Dinamarca.

De acordo com as regras da Fifa, o equipamento da equipe não deve conter slogans, declarações ou imagens políticas, religiosas ou pessoais e, durante as competições finais da FIFA, o capitão de cada equipe “deve usar a braçadeira de capitão fornecida pela FIFA”.

Direitos LGBTQIAP+ no Catar

A ministra do interior da Alemanha, Nancy Faeser, levanta a bandeira do arco-íris pela primeira vez no Ministério do Interior da Alemanha em Berlim — Foto: Markus Schreiber/AP

A atividade sexual entre pessoas do mesmo sexo é proibida pelo Código Penal de 2004 do Catar, que criminaliza atos de “sodomia” e “relações sexuais” entre pessoas do mesmo sexo. Estas disposições acarretam uma pena máxima de sete anos de prisão.

Tanto homens quanto mulheres são criminalizados sob esta lei.

A Human Rights Watch documentou seis casos de espancamento grave e repetido e cinco casos de assédio sexual sob custódia policial entre 2019 e 2022 no país.

Por esses e outros fatores, as principais seleções europeias tinham entrado em consenso para utilizar a braçadeira como uma forma de demonstrar apoio às pessoas LGBTQIAP+.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-promove-palestra-sobre-protagonismo-negro-para-orientadores-e-tecnicos-de-educacao

Prefeitura de Guarujá

Guarujá promove palestra sobre protagonismo negro para orientadores e técnicos de educação

“Trajetória do Africano em Território Brasileiro” explicou as contribuições da etnia negra na construção do País, com apresentações musicais  Contribuindo para o respeito entre todos e difusão do conhecimento, a Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), realizou no último dia 16, a palestra “Trajetória do Africano em Território Brasileiro”. A iniciativa abordou o empoderamento e importância do povo negro no desenvolvimento econômico, social e cultural do Brasil. […]

today21 de novembro de 2022 15

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%