G1 Santos

Soldado do Exército é morto por PM durante operação em SP: ‘mataram porque era preto’, diz irmã

today13 de junho de 2023 10

Fundo
share close

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), Marcos foi abordado junto com outros dois homens, ambos presos em flagrante por tráfico de drogas. Em nota, o órgão informou que o jovem foi baleado após entrar em luta corporal com um policial. A morte dele foi constatada no local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A família de Marcos, porém, discorda da versão dos policiais com base no comportamento do rapaz e no relato de testemunhas, que teriam dito que ele não reagiu. Ao g1, o Exército Brasileiro confirmou que o jovem era soldado da Bateria de Comando do Comando de Defesa Antiaérea em Guarujá (SP). Ainda de acordo com as forças armadas, as circunstâncias da morte dele estão sendo apuradas.

“Estamos devastados. Não foi um acidente nem doença. Foi assassinado porque era preto ou porque estava em uma comunidade“, desabafou a irmã do jovem, Mayra Isabela de Sousa Costa. “Preto não pode ser militar. Preto não pode ter nada.”



O g1 entrou em contato com a Policia Militar e novamente com a SSP-SP, em busca de posicionamentos sobre a morte de Marcos e as alegações da família dele, mas não recebeu um retorno até a última atualização desta matéria.

Jovem foi morto na comunidade da Vila Baiana, onde homens armados ‘desfilaram’ pelas ruas — Foto: Reprodução/Redes Sociais e Arquivo Pessoal

Mayra Isabela afirmou que morava com o irmão no Parque Enseada, também em Guarujá (SP). Ela contou também ter sido informada sobre a presença de Marcos na Vila Baiana durante a operação policial por meio de outro parente, que cresceu no local. Preocupada, a jovem foi até a comunidade.

“Falei com um policial: ‘Moço, meu irmão é militar. Me falaram que ele estava nessa área na hora [da operação]’. Ele me respondeu: ‘Olha, a gente só matou quem estava naquele vídeo. Seu irmão estava no vídeo?’. Eu respondi que não e pensei, então, que não havia sido ele”, lembrou.

Ela disse, ainda, que o irmão não conhecia os outros dois homens abordados junto com ele durante a operação. Segundo Mayra, Marcos não correu quando os policiais apareceram no local e, de imediato, informou sobre ser soldado do Exército.

Os outros meninos correram, mas ele não, pois pensou: ‘Não devo nada’. Ele levantou a mão e falou: ‘Sou militar, sou militar’“, complementou Mayra. “As mulheres [testemunhas] gritavam: ‘Ele não é envolvido’ para os policiais”, complementou Mayra.

Ainda de acordo com a irmã, Marcos sempre sonhou em fazer parte do Exército Brasileiro. O desejo, segundo Mayra, reforçou o objetivo do irmão em nunca se envolver com a criminalidade.

“Meu irmão nunca se envolveu com nada disso porque o sonho dele sempre foi ser militar”, afirmou Mayra. “Ele sabia que o envolvimento com qualquer coisa errada não daria certo [a realização do desejo de entrar para o Exército”.

Ela afirmou, por fim, que deseja levar ‘levar o caso adiante’. “Vamos contratar advogado e vamos [expor o caso] na mídia. Que isso sirva de lição para que não aconteça com outros jovens negros“.

Polícia Civil investiga vídeo de bandidos 'desfilando' armados no litoral de SP

Polícia Civil investiga vídeo de bandidos ‘desfilando’ armados no litoral de SP

Segundo um BO, obtido pelo g1, uma equipe policial fazia patrulhamento na Vila Baiana, por volta das 2h40 da madrugada de segunda-feira (12), quando identificaram três homens sentados em uma mesa na praça que fica próximo a Rua Argentina. Como o local é conhecido como ponto de tráfico, os policiais fizeram a abordagem no trio.

Um homem [Marcos] de 20 anos morreu e dois, 41 e 37, foram presos, após patrulhamento da Polícia Militar na comunidade da Vila Baiana, em Guarujá, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (12). A ação policial foi realizada após um vídeo que circulou nas redes sociais que mostra grupo ‘desfilando’ com as armas na Rua Argentina, na mesma comunidade (veja o vídeo acima).

Nesse momento, Marcos Muryllo de Sousa Costa entrou em luta corporal com um policial e, na sequência, ele puxou um fuzil que estava preso em uma bandeirola da mesa. Para se defender da ação, o policial efetuou alguns disparos também utilizando um fuzil próprio. Durante a troca de tiros, Marcos foi atingido e caiu no chão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas devido aos ferimentos, o socorrista constatou o óbito no local. Com o homem, foi encontrada uma identificação funcional do Exército Brasileiro, com validade até 25 de fevereiro de 2023. O fuzil usado por ele foi apreendido.

Apreensão de drogas e armamento na Vila Baiana em Guarujá — Foto: Polícia Civil

Os outros dois criminosos, Edvaldo Alves Cruz Júnior e Jandy Chagas da Silva, foram algemados pelos demais policiais. Durante revista pessoal, foram encontrados com eles: uma pistola calibre 40, munições com 40 cartuchos sem uso, um rádio comunicador, bloco de anotações, uma bolsa com dinheiro, um aparelho de celular, 78 porções de maconha e 171 de cocaína.

Além do que foi encontrado com o trio, a polícia localizou uma bolsa que, segundo as autoridades, era do grupo. Dentro dela, havia R$ 198, 1.375 porções de maconha e 41 porções de cocaína embaladas para venda. As substâncias apreendidas foram encaminhadas ao Instituto de Criminalística para exames.

Os dois homens foram presos em flagrante e encaminhados a Delegacia Sede de Guarujá. Eles vão responder pelo crime de tráfico de drogas, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de uso restrito. Eles permaneceram à disposição da Justiça.

Homens armados são flagrados ‘desfilando’ em morro no litoral de SP — Foto: Reprodução

O vídeo foi gravado na Rua Argentina, no Morro da Vila Baiana. Segundo a SSP-SP, a Delegacia de Guarujá instaurou uma investigação para “total esclarecimento dos fatos”, como por exemplo quando o registro foi feito e quem são os homens filmados, informações ainda não divulgadas oficialmente.

Nas imagens, obtidas pelo g1, é possível ver um grupo de aproximadamente nove homens marchando em direção à câmera. Quatro deles aparecem com armas de fogo à mostra . No fim do vídeo, eles falam: “Se liga! Olha os caras vindo. Os parceiros. Pesadão! Falou que pode embicar, [Tropa de] Choque”, disse um dos homens que aguardava a chegada do grupo.

Conforme divulgado na época, a medida foi tomada após reivindicação da prefeitura, que apresentou um levantamento das ocorrências nos últimos 60 dias, quando os índices de criminalidade aumentaram na cidade.

A Tropa de Choque é citada duas vezes no vídeo. Primeiro, quando um dos homens que aguardava a chegada do grupo disse que a equipe da PM ‘poderia embicar’. Depois, quando ele aponta um dos integrantes. “Olha o Miguel, o mais procurado pela Choque”, antes do um grito em celebração.

Tropa de choque fará reforço da segurança no litoral de SP — Foto: Polícia Militar

Vídeos: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

acusacao-contra-trump-ajuda-nas-primarias-do-partido-republicano,-mas-atrapalha-nas-eleicoes,-dizem-analistas

G1 Mundo

Acusação contra Trump ajuda nas primárias do Partido Republicano, mas atrapalha nas eleições, dizem analistas

É o segundo processo criminal que ele enfrenta, e, no começo do ano que vem, haverá eleições à presidência dos EUA. Trump já afirmou que é candidato, e no começo do ano há as primárias do Partido Republicano. De acordo com dirigentes do Partido Republicano, esses processos na Justiça têm tido um efeito positivo na campanha pela nomeação do partido, mas atrapalham Trump em sua segunda disputa com Joe Biden […]

today13 de junho de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%