Gospel Prime

Suprema Corte decide que Trump não pode ser tirado das eleições

today5 de março de 2024 3

Fundo
share close

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu unanimemente que o Colorado não pode remover o ex-presidente Donald Trump da cédula eleitoral do estado. Assim, eles argumentam que o estado ultrapassou sua autoridade ao fazê-lo. Sendo assim, em 19 de dezembro, o Supremo Tribunal do Colorado decidiu que Trump não pode ser colocado na cédula para a eleição de 2024. Sua suposta conexão com a invasão do Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021 foi citada.

Nesse sentido, o tribunal citou a Seção 3 da 14ª Emenda da Constituição dos EUA, que proíbe pessoas que “participaram de insurreição ou rebelião contra o mesmo, ou deram ajuda ou conforto aos inimigos” de ocupar cargos públicos. No entanto, na decisão de 9 a 0 divulgada na segunda-feira de manhã no caso Trump v. Anderson, a alta corte decidiu que o Congresso, e não os estados, aplica a Seção 3 da 14ª Emenda.

“Concluímos que os Estados podem desqualificar pessoas que ocupam ou tentam ocupar cargos estaduais. Mas os Estados não têm poder sob a Constituição para aplicar a Seção 3 em relação a cargos federais, especialmente a Presidência. Nada na Constituição delega aos Estados qualquer poder para aplicar a Seção 3 contra ocupantes de cargos federais ou candidatos”, diz a opinião, segundo The Christian Post.

Desacordo com os princípios da nação

Além disso, eles defenderam que “nem mesmo os respondentes alegam que a Constituição autoriza os Estados a de alguma forma remover ocupantes de cargos federais que possam estar violando a Seção 3”. Os respondentes mantêm, no entanto, que os Estados podem aplicar a Seção 3 contra candidatos a cargos federais. Mas o texto da Décima Quarta Emenda, por si só, não delega afirmativamente tal poder aos Estados.

Nesse sentido, os juízes da Suprema Corte, Sonia Sotomayor, Elana Kagan e Ketanji Brown Jackson escreveram uma opinião concordante. Segundo eles, permitir a remoção de Trump “criaria um mosaico caótico estado por estado, em desacordo com os princípios de federalismo da nação”. Os juízes discordaram que a decisão decide casos futuros simplesmente colocando a responsabilidade da desqualificação da 14ª Emenda para o Congresso.



“A maioria anuncia que uma desqualificação por insurreição pode ocorrer apenas quando o Congresso promulga um tipo específico de legislação nos termos da Seção 5 da Décima Quarta Emenda. Com isso, a maioria fecha a porta para outros possíveis meios de aplicação federal. Não podemos nos unir a uma opinião que decide questões monumentais e difíceis desnecessariamente, e portanto, concordamos apenas com o julgamento”, acrescentaram.

Por fim, Trump, o principal candidato a ser o indicado republicano para presidente em 2024, entrou com um recurso na Suprema Corte dos EUA. A Suprema Corte ouviu argumentos orais no mês passado. Durante os argumentos orais, vários juízes da alta corte expressaram preocupação com os estados tendo o poder de aplicar a 14ª Emenda e se isso interfere nos desejos de outros estados.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-cego-foi-confundido-e-morto-pela-pm-em-operacao-no-litoral-de-sp,-dizem-ouvidoria-e-forum-de-seguranca-publica

G1 Santos

Homem cego foi confundido e morto pela PM em operação no litoral de SP, dizem Ouvidoria e Fórum de Segurança Pública

A mãe de Hildebrando Neto, de 24 anos, apresentou documentos que atestam que o filho era cego de um olho e tinha 20% de visão no outro. No boletim de ocorrência do caso, os agentes declararam que entraram na casa dele porque: A porta estava aberta;Havia uma denúncia de tráfico de drogas no localE porque, "quando adentraram num segundo cômodo, foram surpreendidos por Hildebrando, que apontou uma pistola”;Os policiais contaram […]

today5 de março de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%