G1 Mundo

Surto no cruzeiro de luxo ‘Queen Victoria’ faz 140 pessoas sofrerem com diarreia e vômitos

today2 de fevereiro de 2024 8

Fundo
share close

Há mais de 1.800 passageiros e quase 970 tripulantes a bordo. As pessoas doentes foram isoladas, e os procedimentos de limpeza foram reforçados.


‘Queen Victoria’ é o maior navio da história a atracar em Santarém — Foto: Fredison Ferreira



Cerca de 140 pessoas ficaram doentes a bordo do cruzeiro de luxo Queen Victoria, da companhia Cunard, que partiu da cidade de Four Lauderdale, no estado da Florida, nos Estados Unidos, no dia 22 de janeiro.

Os passageiros e tripulantes tiveram diarreia e vomitaram. Os Centros de Controle de Doenças dos EUA (CDC) não sabem ainda qual é a causa dos sintomas.

Há mais de 1.800 passageiros e quase 970 tripulantes a bordo.

As pessoas doentes foram isoladas, e os procedimentos de limpeza foram reforçados. Os CDC disseram que as medidas adotadas pela empresa Cunard foram eficazes.

O destino final do Queen Victoria é a cidade de Honolulu, no estado do Havaí, nos EUA.

De acordo com o site da Cunard, o Queen Victoria “é conhecido por sua elegância e esplendor; com suas instalações exclusivas e modernas”.

O navio foi construído em 2007, e remodelado em 2017.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-assunto-#1.142:-big-techs-sob-pressao-por-mais-seguranca-nas-redes-sociais

G1 Mundo

O Assunto #1.142: Big techs sob pressão por mais segurança nas redes sociais

Uma audiência realizada pelo Congresso americano nesta semana escancarou alguns dos crimes aos quais crianças e adolescentes estão expostos nas redes sociais. Vítimas relataram abusos sexuais, cyberbullying e até indução ao suicídio frente a frente com representantes das principais plataformas do mundo – caso da Meta (dona do Facebook, Instagram e WhatsApp), Tiktok, Snap, Discord e X (antigo Twitter).

today2 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%