G1 Santos

Suspeito de agarrar jovem e forçá-la a entrar no carro é identificado pela polícia e reconhecido pela vítima

today12 de abril de 2024 3

Fundo
share close

O caso aconteceu na Avenida Eleonor Roosevelt, no bairro Vila São Jorge. Imagens das câmeras de monitoramento mostram a mulher sendo agarrada pelo homem, que queria colocá-la dentro de um veículo. Ela reagiu ao ataque e conseguiu fugir.

Ao g1, a família da vítima, que terá a identidade preservada, confirmou que ela foi até uma delegacia em Santos e reconheceu o rosto do suspeito. Segundo os familiares, o homem já estava com uma aparência ‘diferente’ em relação ao dia do crime, uma vez que cortou o cabelo e fez a barba.

“Estava com uma outra fisionomia, mas ela o reconheceu”, afirmou uma familiar. “Ele disse à polícia que não foi tentativa de sequestro ou estupro, mas que a intenção dele era roubar o celular dela. Só que em nenhum momento ele pegou o aparelho, só entrou em luta corporal com ela”.



O g1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), em busca de mais informações sobre o caso, e foi informado que a pasta apura o ocorrido.

Suspeito foi flagrado agarrando a jovem em Santos, SP — Foto: Reprodução

Dias após a tentativa de sequestro e cárcere privado, como foi registrada a ocorrência pela Polícia Civil, a jovem conversou com a equipe de reportagem e contou sobre a abordagem do criminoso, que aconteceu por volta das 19h, na saída do trabalho.

A vítima disse que seguia para casa, mas, ao lembrar que precisava ir ao mercado, desviou a rota e entrou na Avenida Eleonor Roosevelt. Segundo ela, logo foi surpreendida pelo criminoso, que parecia segurar uma parafusadeira. “O homem me abordou dizendo: Ei, menina“.

Ela lembrou ter olhado para trás e, assustada, pensou em acelerar o passo, mas não deu tempo. “Ele já me fechou“, disse a jovem, que foi agarrada pelo criminoso e sofreu uma queimadura no braço causada pela suposta parafusadeira.

“Eu comecei a gritar, comecei a gritar por socorro, por ajuda. Gritava não [pedindo para soltá-la], gritava tudo que eu podia gritar”, disse.

Jovem ficou com arranhão e ferimentos após luta corporal com criminoso em Santos (SP) — Foto: Reprodução e Arquivo pessoal

‘Sabe Deus o que ele queria fazer’

Durante o ataque, enquanto era agarrada, a bolsa dela caiu no chão, mas o objeto foi ignorado pelo criminoso, que a puxava na direção do carro. A jovem contou ter conseguido fugir no momento em que o homem a segurou pela camiseta. Ela arrancou a peça e correu no sentido contrário (assista acima).

Assim que chegou na esquina da avenida, ela disse à equipe de reportagem que virou para olhar o homem, que voltava calmamente para o veículo. “Acho que ele não estava mirando uma pessoa específica. Acho que qualquer pessoa que aparecesse para ele estava servindo”.

Naquele momento, de acordo com ela, um grupo de meninos se aproximava do carro, o que a fez voltar a gritar. “Sabe Deus o que ele queria fazer, mas eu comecei a gritar essas coisas [sugerindo que seria sequestrada]”.

A ação motivou o grupo a tentar abrir a porta do carro à força, mas sem sucesso. O criminoso arrancou com o veículo e foi embora.

Machucados nas unhas e braço da jovem atacada em Santos (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que “o combate e a investigação de homicídios e outros delitos são de responsabilidade das autoridades policiais, que têm, em Santos, apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), por meio do seu efetivo e videomonitoramento”.

Segundo a administração municipal, a PM mantém equipes no Centro de Controle Operacional (CCO) e possui acesso a todas as imagens das 1.736 câmeras espalhadas pela cidade.

“Além de zelar pelos próprios públicos e pelo cumprimento do Código de Posturas do Município, a GCM faz rondas diuturnas em toda a cidade”. A prefeitura disse, ainda, que pessoas flagradas em atitudes suspeitas são conduzidas ao distrito policial.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pm-prende-dupla-que-furtou-oculos-de-banhista-e-descobre-que-‘vitima’-era-procurada-com-pena-ate-2044

G1 Santos

PM prende dupla que furtou óculos de banhista e descobre que ‘vítima’ era procurada com pena até 2044

Caso aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, a vítima do furto era procurada da Justiça por extorsão mediante sequestro. PM prende bandidos que furtaram óculos de banhista e 'vítima' procurada da Justiça com pena até 2044 — Foto: Reprodução/Imagem ilustrativa e Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal Um banhista teve os óculos de sol furtados por dois criminosos e, em seguida, foi preso pela Polícia […]

today12 de abril de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%