G1 Santos

Suspeito de incendiar van e matar menores carbonizados está foragido da Justiça

today24 de maio de 2024 3

Fundo
share close

O caso aconteceu no bairro Quarentenário, na Área Continental. O Corpo de Bombeiros foi acionado para um incêndio em veículo com a informação de que não havia vítimas, mas a equipe encontrou dois corpos carbonizados durante o trabalho de rescaldo.

A Polícia Civil identificou o suspeito a partir do depoimento de uma mulher que se apresentou em uma delegacia como ex-esposa dele. Ela relatou ter vivido por seis anos junto com Agnaldo, com quem teve três filhos.

Justiça determina prisão temporária de suspeito de incendiar van onde corpos foram encontrados carbonizados — Foto: Reprodução



A mulher também confirmou à polícia que Agnaldo é o homem gravado no local. Imagens de câmeras de monitoramento, obtidas pelo g1, mostram o momento em que o suspeito aparece ao lado da van e vai até uma das janelas. Pouco depois, ele sai do local e uma fumaça começa a sair do veículo.

Segundo o boletim de ocorrência, obtido pelo g1, as ossadas carbonizadas estavam na parte de trás do interior da van, mas não foi possível identificar as vítimas. Ainda de acordo com o registro policial, o veículo estaria abandonado na Rua Vitória há algum tempo, mas não foi possível contatar a proprietária.

No local, uma mulher de 32 anos se apresentou aos policiais alegando ser tia de Igor Gustavo de Andrade, que tem entre 12 e 14 anos, e vivia em situação de rua. Segundo ela, o menino se abrigava no veículo que foi incendiado.

Ao g1, Ana Paula Carvalho Aniceto, de 27 anos, reconheceu vestígios das roupas do filho, Nicolas Gabriel Carvalho, de 10, na van incendiada. “Nunca imaginaria uma coisa assim […]. Ele gostava muito de ter amizade com as pessoas”, desabafou ela. “Está doendo muito”.

Família de Nicolas Gabriel Carvalho, de 10 anos, acredita que ele foi vítima de incêndio em van em São Vicente (SP). — Foto: Arquivo Pessoal e g1 Santos

O setor de homicídios da Delegacia Seccional de Praia Grande foi acionado, bem como uma funerária que levou os restos mortais para o Instituto Médico Legal para exame necroscópico, toxicológico e identificação por DNA.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que a Polícia Civil investiga a morte das duas pessoas, ainda não identificadas, que tiveram seus corpos encontrados na manhã deste domingo. Segundo a pasta, o caso foi registrado como morte suspeita na delegacia da cidade.

Dois corpos carbonizados foram encontrados em veículo incendiado em São Vicente (SP) — Foto: g1 Santos

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-alega-ter-sido-vitima-de-homofobia-apos-ser-ofendido-por-cliente-em-mercado-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Homem alega ter sido vítima de homofobia após ser ofendido por cliente em mercado no litoral de SP

De acordo com Cristiano, o caso aconteceu no setor onde ficam as frutas de um supermercado no bairro do Gonzaga. O homem estava escolhendo maçãs quando se surpreendeu com a ação de uma mulher que estava acompanhando uma idosa. “Ela estava provando as uvas. E aí jogou a casca no chão de maneira bem forte próxima do meu pé”, relembrou. Surpreso, Cristiano questionou o motivo do ato, dizendo que a […]

today24 de maio de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%