G1 Santos

Suspeitos de balearem mãe e filha durante execução de homem em frente à creche em SC são presos em SP

today4 de março de 2024

Fundo
share close

A primeira prisão, segundo a Polícia Civil, ocorreu na BR-116 em Registro (SP), a cerca de 423 km de Indaial, por volta das 14h10. Mais tarde, outros dois suspeitos foram detidos em Itapecerica da Serra (SP), segundo o delegado Filipe Martins.

Os suspeitos foram localizados pela Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal após troca de informações entre órgãos de segurança de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

O assassinato ocorreu por volta das 7h45, próximo à Unidade de Educação Infantil Hilário Buzzarello.



De acordo com a PM, o alvo dos criminosos dirigia um carro Renegade e parou em frente à creche onde deixaria a filha. Assim que a esposa dele e a filha desembarcaram do veículo, o homem foi executado por pessoas encapuzadas. Os familiares dele não foram feridos.

Movimentação em frente a creche em Indaial, SC, após assassinato de motorista

Movimentação em frente a creche em Indaial, SC, após assassinato de motorista

Uma mulher de 45 anos e a filha dela, de 3 anos, foram baleadas. Elas não tinham relação com o homem executado e ambas foram atingidas nas pernas por balas perdidas, informou o comandante da PM, Mario Elias. “Infelizmente, foram atingidas por algum disparo que se perdeu”, disse. Até 12h desta segunda, as duas seguiam no Hospital Beatriz Ramos.

As feridas foram levadas ao Hospital Beatriz Ramos, em Indaial. Elas não correm risco de morte e vão passar por cirurgia.

Os criminosos chegaram em um veículo branco. A polícia fala em acerto de contas e declarou que a vítima era integrante de um grupo criminoso. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime. As forças de segurança descartaram qualquer tipo de ataque à creche.

“A informação que a gente tem é que o indivíduo que foi vítima hoje [segunda] deste atentado tem um histórico de envolvimento com o tráfico de drogas, inclusive tem mandado de prisão pelo crime de homicídio. Então ficou bem claro que é um fato relacionado com o passado dele, ele era claramente o alvo da situação, tanto é que ele foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo”, relatou o tenente-coronel Mário Elias, comandante do 32º Batalhão da PM.

Polícia Militar isola área em Indaial — Foto: Augusto Ittner/NSC

A Secretaria de Educação de Indaial cancelou as aulas na unidade nesta segunda e avalia a suspensão nos próximos dias.

Chegada do carro do Instituto Médico Legal (IML) no local do crime em Indaial (SC) — Foto: Augusto Ittner/NSC

VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jurados-nos-eua-foram-afastados-de-caso-com-base-em-suas-crencas-religiosas

Gospel Prime

Jurados nos EUA foram afastados de caso com base em suas crenças religiosas

A Suprema Corte dos Estados Unidos oficialmente recusou julgar o caso do afastamento de jurados cristãos de um julgamento em Missouri sobre homossexualidade. O caso de Missouri Department of Corrections V. Finney envolve o assédio à uma mulher chamada Jean Finney, que foi conduzido com base em sua sexualidade. Jean, autodescrita como lésbica, sofreu assédio no local de trabalho devido ao seu relacionamento com a ex-esposa de um colega. Durante […]

today4 de março de 2024

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%