G1 Santos

Três pinguins e um atobá são os novos moradores de Aquário no litoral de SP

today2 de junho de 2022 18

Fundo
share close

Animais não tinham condições de voltar à natureza e foram encaminhados ao equipamento público.

Três pinguins chegaram para ficar no Aquário em Santos, SP — Foto: Francisco Arrais/Divulgação Prefeitura de Santos



Três pinguins-de-magalhães adultos e um atobá juvenil são os novos moradores do Aquário Municipal de Santos, no litoral de São Paulo. Os animais não tinham condições de voltar à natureza e , por este motivo, foram encaminhados para ficarem sob cuidados humanos.

O público deve conhecer os quatro animais marinhos somente na próxima semana. As aves marinhas foram encontradas no início do ano passado pelo Programa de Monitoramento de Praias de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, onde passaram por exames e recuperação.

Assim que os técnicos responsáveis constataram a impossibilidade de retorno à natureza, por razões biológicas, decidiram encaminhá-las a uma entidade que trabalha nos cuidados destes animais. O primeiro contato com o Aquário de Santos foi em novembro de 2021.

Em nota, o coordenador do Aquário, Alex Ribeiro, afirma que recebe esses animais com muita alegria, principalmente, porque a unidade ainda não contava com um atobá, o que proporcionará novos aprendizados e adaptações à equipe.

De acordo com o biólogo, os animais poderiam ter sido sacrificados caso nenhuma instituição pudesse acolhê-los, já que não poderiam mais viver livres na natureza.

Atobá é um dos novos moradores do Aquário Municipal de Santos. — Foto: Francisco Arrais/Divulgação Prefeitura de Santos

Impossibilidade de retorno à natureza

O atobá havia sofrido uma fratura na cauda e, por este motivo, não conseguiria mais levantar voo. O biólogo explica que as aves, quando voam, abrem a cauda em leque para ter estabilidade no voo.

Os técnicos tentaram soltar a ave e estimular o voo, mas perceberam que ela não conseguia. Dessa forma, o animal ficaria vulnerável sem ter como buscar alimento e fugir de situações de risco.

Os pinguins-de-magalhães não apresentaram enfermidades, mas não conseguiram retornar ao lugar de origem. A equipe do Programa de Monitoramento de Praias também tentou soltá-los em duas ocasiões, mas os animais sempre retornavam à praia onde encalharam.

O coordenador do Aquário Municipal acredita que talvez seja pela distância, porque a Patagônia é muito longe. Como o habitat da costa brasileira não é adequado para os pinguins, também foi necessário acomodá-los no parque.

Os técnicos do Aquário Municipal foram para Angra dos Reis na tarde da última sexta-feira (27) e retornaram com os animais na madrugada de domingo (29), porque nesse horário as temperaturas são mais agradáveis.

Foram cerca de seis horas de viagem com paradas regulares para que o biólogo pudesse monitorar a segurança dos animais, que viajavam em caixas de transporte em tamanho grande, forradas com feno para maior conforto durante o transporte.

Os animais estão passando por avaliações desde que chegaram. Alguns exames feitos pelo Programa de Monitoramento de Praias foram refeitos e outras questões, como o sexo das aves, estão sendo analisadas.

Se tudo correr bem, dentro de quatro dias os pinguins serão introduzidos ao convívio com os outros 17 animais da mesma espécie que vivem no Aquário. O atobá, no entanto, terá um recinto só para ele.

Aquário de Santos, no litoral de São Paulo, já conta com 17 pinguins — Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

nunes-marques-derruba-decisao-que-cassou-deputado-evangelico

Gospel Prime

Nunes Marques derruba decisão que cassou deputado evangélico

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta quinta-feira (2) suspender a decisão do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o deputado estadual evangélico Fernando Destito Francischini (União-PR). Francischini foi cassado por suposta “fake news” depois de fazer uma live questionando indícios de fraudes nas urnas eletrônicas. O vídeo foi feito durante o primeiro turno das eleições de 2018, quando ele criticou as urnas […]

today2 de junho de 2022 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%