G1 Mundo

Trump recorre à Suprema Corte alegando imunidade presidencial em caso sobre tentativa de fraude nas eleições de 2020

today12 de fevereiro de 2024 2

Fundo
share close

A alegação da defesa foi a de que Trump era presidente à época e, portanto, teria direito a proteções legais, como o impedimento de ser processado criminalmente.

A acusação, porém, argumentou que ele agia como candidato e não como presidente quando pressionou oficiais para tentar mudar o resultado do pleito.

Os advogados dele pediram à Suprema Corte que suspendam essa decisão da instância inferior. Três dos nove ministros do colegiado foram indicados por Trump, o que garante uma maioria conservadora na Corte de 6 a 3.



Depois que o democrata Joe Biden foi eleito presidente dos Estados Unidos em 2020, Trump passou semanas insistindo publicamente que, na verdade, era ele quem tinha vencido. No dia 6 de janeiro de 2021, encorajou uma multidão a ir ao Capitólio enquanto a eleição de Biden era oficializada.

Na terça passada (6), no entanto, juízes do Tribunal de Apelações do Distrito de Columbia, nos Estados Unidos, rejeitaram o pedido.

O julgamento desse caso havia sido marcado para março deste ano, mas, na semana passada, juízes decidiram adiá-lo, e ainda não marcaram uma nova data.

A defesa de Trump quer que o julgamento aconteça apenas após as eleições presidenciais dos EUA, em novembro.

Donald Trump é o favorito para vencer as disputas internas do Partido Republicano para ser o candidato da sigla.

Donald Trump vence com vantagem ampla 1ª disputa para ser candidato do partido Republicano na eleição deste ano

Donald Trump vence com vantagem ampla 1ª disputa para ser candidato do partido Republicano na eleição deste ano




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

grupo-rebelde-do-iemen-ataca-navio-com-carga-de-milho-brasileiro-para-o-ira

G1 Mundo

Grupo rebelde do Iêmen ataca navio com carga de milho brasileiro para o Irã

Houthis reivindicam bombardeio de navios como apoio ao Hamas, em guerra com Israel. A maioria da população do Iêmen vive em áreas sob o controle dos houthis — Foto: REUTERS Um navio que levava carga de milho produzido no Brasil com destino ao Irã foi atacado nesta segunda-feira (12) no Mar Vermelho. Responsável pelo ataque, o grupo rebelde Houthis reivindica o bombardeio como apoio ao Hamas, que governa a Palestina […]

today12 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%