G1 Mundo

Uma pessoa morre pisoteada e 9 ficam feridas em confusão após show da rapper GloRilla nos EUA

today6 de março de 2023 7

Fundo
share close

Uma pessoa morreu e 9 ficaram feridas, duas delas em estado grave, depois que uma multidão tentou sair correndo de um show de rap em Rochester, estado de Nova York, na noite de domingo (5). Segundo as autoridades, a correria começou porque as pessoas temiam que alguém estivesse atirando com arma de fogo no local, apesar de não haver evidência de que isso de fato tenha ocorrido.

As estrelas do rap de Memphis, GloRilla e Finesse2tymes, haviam terminado de se apresentar no local conhecido como Main Street Armory, quando as pessoas que saíam do local pouco depois das 23h começaram a correria, disse o chefe de polícia David M. Smith em uma coletiva de imprensa na segunda-feira.

“Não temos nenhuma evidência de tiros sendo disparados ou de alguém sendo baleado ou esfaqueado no local”, disse Smith.



A polícia entrou e encontrou três mulheres gravemente feridas. Uma delas, de 33 anos, morreu em um hospital. As outras duas estão em estado crítico, disse a polícia. Outras sete pessoas foram tratadas em hospitais da área com ferimentos leves.

“O que começou como uma noite de música ao vivo e diversão para a artista GloRilla, terminou em tragédia com uma pessoa morta e mais duas lutando por suas vidas”, disse Smith.

Embora não haja evidências de tiroteio, a polícia está investigando várias possíveis causas do surto fatal, incluindo “possivelmente o tamanho da multidão, tiros disparados, spray de pimenta e outros fatores contribuintes”.

O prefeito Malik Evans chamou o incidente de “totalmente inaceitável” e prometeu uma investigação para avaliar se os organizadores providenciaram as medidas de segurança necessárias para uma grande multidão.

“Vamos responsabilizar as pessoas pelo que aconteceu ontem à noite, ponto final”, disse Evans, embora tenha advertido que era muito cedo na investigação para atribuir culpa. “Pretendo chegar ao fundo disso.”

GloRilla, cuja música de 2022 “F.N.F. (Let’s Go)” com Hitkidd foi indicada ao Grammy de melhor performance de rap, twittou que estava “rezando para que todos estejam bem”.

Rapper GloRilla se apresenta na 65ª edição anual do Grammy Awards em 5 de fevereiro de 2023, em Los Angeles — Foto: Chris Pizzello/AP

Tumultos em shows têm sido um desastre recorrente nos EUA e em todo o mundo, incluindo um show de 2021 do rapper Travis Scott, no qual 10 pessoas morreram.

Construído em 1907 e inicialmente usado pelo Exército dos EUA, o Main Street Armory, em Rochester, sediou eventos esportivos ao longo do século 20 antes de ser fechado por vários anos a partir do final da década de 1990, em parte porque não tinha um sistema de controle de incêndio na época.

Reabriu após ser reformado e começou a receber concertos e outros eventos em 2005. Sua arena principal tem uma capacidade de cerca de 5.000 pessoas, disse Smith. O comandante dos bombeiros da cidade trabalhará com a polícia para determinar se essa capacidade foi excedida no domingo, disse ele.

O prefeito Evans disse que é muito cedo para dizer se o próximo show programado do local, uma apresentação de sábado do rapper A Boogie Wit Da Hoodie, será autorizado a acontecer.

“Se você vai a um concerto, não espera ser pisoteado”, disse Evans. “Seus entes queridos esperam que você possa voltar para casa e falar sobre a experiência que você teve naquele grande concerto.”

Fita da polícia permanece no chão do lado de fora do Main Street Armory, no dia 6 de março de 2023, em Rochester, NY — Foto: Lauren Petracca/AP




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quatro-americanos-sao-sequestrados-apos-cruzarem-a-fronteira-do-mexico

G1 Mundo

Quatro americanos são sequestrados após cruzarem a fronteira do México

Os quatro americanos não identificados, três homens e uma mulher, estavam em uma minivan branca com placas da Carolina do Norte quando entraram em Matamoros, Tamaulipas, na sexta-feira (3), disse a embaixada dos EUA no México em um comunicado. Segundo a embaixada, os homens armados dispararam contra o veículo dos americanos logo após cruzarem a fronteira do México e depois os levaram para outro veículo antes de fugir do local. […]

today6 de março de 2023 23

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%