G1 Mundo

Veja como será trajeto de reféns que serão liberados pelo Hamas até chegar em Israel

today24 de novembro de 2023 8

Fundo
share close

Liberação será intermediada pela Cruz Vermelha e os reféns receberam atendimento médico e psicológico ao chegar a Israel; o primeiro grupo é composto 13 mulheres, crianças e adolescentes.


  • O Catar divulgou nesta quinta-feira (23) detalhes do acordo de troca de reféns sob poder de Israel e do Hamas.



  • Segundo o Ministério da Saúde de Israel, os reféns liberados pelo Hamas terão trajeto até Israel mediado pela Cruz Vermelha.

  • Os reféns sairão de Gaza por Rafah, no Egito, e serão encaminhados a seis hospitais de Israel, onde receberão atendimento médico e psicológico.

Veja como será trajeto de reféns que serão liberados pelo Hamas até chegar em Israel

Veja como será trajeto de reféns que serão liberados pelo Hamas até chegar em Israel

O Catar divulgou nesta quinta-feira (23) detalhes do acordo de troca de reféns sob poder de Israel e do Hamas. Os reféns liberados pelo Hamas terão trajeto até Israel mediado pela Cruz Vermelha e ao chegar receberão atendimento médico e psicológico.

Segundo o Ministério da Saúde de Israel, a logística planejada para os reféns será da seguinte forma:

  • Os reféns liberados pelo Hamas serão entregues à Cruz Vermelha;
  • Depois, a comitiva fará viagem de Gaza para o Egito, pela passagem de Rafah;
  • Chegando em Rafah, os reféns serão encaminhados para seis hospitais diferentes em Israel, onde serão examinados por médicos e profissionais de saúde mental.

Segundo o porta-voz do Catar, o primeiro grupo de reféns a voltar para casa será de 13 mulheres, crianças e adolescentes. Se houver um grupo de reféns da mesma família, será libertado junto neste primeiro grupo.

Está planejada a troca de 50 reféns que estão sob poder do Hamas por 150 prisioneiros palestinos durante os quatro dias de trégua previstos. O início da troca de reféns será às 16h no horário local, 11h no horário de Brasília.

Veja como será trajeto de reféns que serão liberados pelo Hamas até chegar em Israel; primeiro grupo é composto 13 mulheres, crianças e adolescentes. — Foto: TV Globo/Reprodução

O cessar-fogo na Faixa de Gaza começará nesta sexta-feira (24) às 7h, no horário local. Hamas prometeu respeitar a trégua, enquanto Israel se comprometeu a não atacar o sul do território e a não sobrevoar o norte de Gaza durante seis horas por dia.

Ainda segundo o porta-voz do governo do Catar, as partes estudam libertar um número maior de reféns e assim prolongar a duração desta trégua. A cada dez reféns, será acrescentado um dia de trégua.

O acordo prevê também a entrada diária na faixa de Gaza de 200 caminhões de ajuda humanitária, além de outros quatro carregados de combustível e gás de cozinha.

Veja reportagem completa abaixo:

Catar divulga detalhes do acordo que vai libertar parte dos reféns levados de Israel pelo Hamas

Catar divulga detalhes do acordo que vai libertar parte dos reféns levados de Israel pelo Hamas

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-e-patricia-bullrich,-nova-ministra-do-governo-javier-milei-na-argentina

G1 Mundo

Quem é Patricia Bullrich, nova ministra do governo Javier Milei na Argentina

Ela foi candidata da direita tradicional nestas eleições presidenciais, mas começou a carreira política no campo ideológico oposto: durante a última ditadura militar do país, no fim dos anos 1970, ela foi do grupo de militantes de esquerda Montoneros. Ao longo dos anos, Bullrich foi se deslocando para a direita. Antes de ser ministra de Macri, ela foi ministra do Trabalho e da Segurança Social do governo de Fernando de […]

today24 de novembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%