G1 Santos

Vereador cria projeto de lei que poderá proibir material sobre ‘ideologia de gênero’ em Guarujá

today6 de setembro de 2022 20

Fundo
share close

Documento foi apresentado na Câmara Municipal e é de autoria do vereador Wagner dos Santos Venuto, o Waguinho Fé em Deus.

Projeto de Lei contra ideologia de gênero foi apresentado pelo vereador Waguinho em Guarujá — Foto: Arquivo pessoal/ Rede Social



Um projeto de lei que proíbe a distribuição, exposição e divulgação de material didático contendo manifestação da ideologia de gêneros em locais públicos está causando polêmica em Guarujá, no litoral de São Paulo. A proposta foi apresentada pelo vereador Wagner dos Santos Venuto, o Waguinho Fé em Deus (União Brasil), na Câmara Municipal.

O projeto de lei nº 148/ 2022 proíbe a distribuição, exposição e divulgação de material didático contendo manifestação da ideologia de gêneros em locais públicos, privados de acesso ao público e de entidades de ensino.

De acordo com o PL, se aprovado, ficará proibido divulgar informações sobre a prática da orientação ou opção sexual, de ideologia, de direitos sexuais e reprodutivos, da sexualidade polimórfica (comportamento sexuais fora social) da desconstrução da família e do casamento tradicional. As medidas serão válidas para todo o município.

No projeto, o vereador explica que ficará sob a responsabilidade da administração municipal fiscalizar o cumprimento das medidas. A multa, em caso de descumprimento, será no valor de R$ 3 mil em primeira ocorrência, R$ 6 mil em segunda e interdição temporária do estabelecimento por 30 dias, em caso da terceira ocorrência. Em caso de uma quarta ocorrência, o vereador propõe a cassação do alvará de funcionamento do local.

No projeto de lei, o vereador justifica que não cabe a escola doutrinar sexualmente as crianças. Segundo o documento, os menores não tem a compreensão necessária dos comportamentos habituais da sociedade e que determinadas atitudes podem causar danos irreversíveis quanto aos aspectos psicológicos.

No domingo (4), o vereador pediu o apoio dos moradores em uma rede social. “Leiam com atenção [o documento]. É o futuro de nossas crianças que está em jogo”.

Ainda no texto, o político afirma que “um setor minoritário de nossa sociedade que quer introduzir uma revolução silenciosa para a propagação de ideologia moral e sexual abusiva contra crianças e a família”.

Comissão da Diversidade Sexual de Guarujá

A Comissão Municipal da Diversidade Sexual (CMDS) de Guarujá, por meio de nota, classificou como um retrocesso o conteúdo do projeto de lei 148/2022 e lamenta a falta de conhecimento do autor, que inclusive usa termos pejorativos no texto que pretende defender na Câmara Municipal.

“A Comissão Municipal da Diversidade Sexual vem sendo construída em Guarujá a partir da pluralidade de vozes, opiniões e, principalmente, sobre bases que pregam o respeito ao próximo. Por uma cidade inclusiva e acolhedora, a CMDS lutará em todas as instâncias contra o retrocesso que o projeto de lei 148/2022 representa”, disse.

Segundo a assessoria do político, a proposta, se mantida, será votada na próxima semana na Câmara Municipal de Guarujá.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeitura-instala-cameras-para-monitorar-os-pacos-municipais

Prefeitura de Guarujá

Prefeitura instala câmeras para monitorar os paços municipais

O objetivo é proporcionar maior segurança aos servidores, além dos munícipes que acessam estes locais A Prefeitura de Guarujá instalou câmeras de monitoramento na área externa dos paços municipais Moacir dos Santos Filho e Raphael Vitiello. Os serviços foram realizados pela Secretaria de Gestão Administrativa, com o objetivo de proporcionar mais segurança aos servidores que trabalham nestes locais, além dos munícipes que acessam estes próprios públicos. No Paço Raphael Vitiello foram instaladas 16 câmeras, modelo Bullet Full HD Intelbras, com lente 2,8 milímetros, além de […]

today6 de setembro de 2022 34

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%