G1 Santos

Vereadores vão investigar supostas irregularidades em concursos públicos da Câmara de Praia Grande

today15 de junho de 2022 24

Fundo
share close

Comissão Especial de Investigação formada por 11 vereadores terá 90 dias para concluir um relatório.

Câmara de Vereadores de Praia Grande, SP, aprovou criação de uma Comissão para investigar irregularidades em concursos públicos — Foto: Divulgação/Câmara de Praia Grande



Os vereadores de Praia Grande, no litoral de São Paulo, aprovaram a criação de uma Comissão Especial de Investigação para apurar supostas irregularidades em concursos públicos realizados pela Câmara Municipal da cidade.

Alguns parlamentares foram notificados pela procuradoria da Câmara Municipal sobre inconsistências em concursos públicos desde 2000. Além disso, as denúncias acabaram circulando nas redes sociais. Diante da situação, o autor da proposta, Rodrigo Rosário dos Santos (PP), decidiu levar o assunto ao plenário nesta terça-feira (14), que foi aprovado de imediato pelos demais.

A Comissão Especial de Investigação será formada por 11 vereadores, um de cada partido, e terá 90 dias para concluir um relatório, que será encaminhado ao Ministério Público. Se houver necessidade, o prazo poderá ser prorrogado.

Atualmente, segundo Rodrigo Rosário, a Câmara Municipal possui 65 cargos preenchidos por concurso público. Os últimos cinco concursos também serão investigados.

De acordo com a Câmara Municipal de Praia Grande, o objetivo da Comissão é sanar qualquer dúvida sobre os concursos públicos, pois tiveram denúncias, sem provas ou fatos.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

moraes-da-15-dias-para-magno-malta-explicar-fala-contra-barroso

Gospel Prime

Moraes dá 15 dias para Magno Malta explicar fala contra Barroso

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu um prazo de 15 dias para que o ex-senador Magno Malta explique supostas ofensas contra o também ministro da Corte, Luíz Roberto Barroso. Magno Malta acusou o ministro Barroso de bater em mulher durante um evento, o que levou a apresentação de uma queixa-crime na Corte contra o ex-senador, que afirmou ter provas de que o ministro do Supremo […]

today15 de junho de 2022 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%