G1 Mundo

VÍDEO: as imagens raras e inéditas da primeira filmagem no Titanic afundado

today17 de fevereiro de 2023 13

Fundo
share close

Imagens raras e inéditas dos destroços do Titanic foram divulgadas na quarta-feira (15) pelo Instituto Oceanográfico de Woods Hole (Whoi) dos Estados Unidos. O vídeo, que tem partes nunca antes disponibilizadas ao público, foi gravado em 1986 e é a primeira filmagem feita do transatlântico após o naufrágio.

O Titanic, considerado quase indestrutível quando foi construído, atingiu um iceberg em 14 de abril de 1912, no Oceano Atlântico, enquanto fazia sua viagem inaugural de Southampton, na Inglaterra, para Nova York, nos Estados Unidos. Mais de 1.500 pessoas morreram no naufrágio.

Os esforços para encontrar a embarcação começaram quase imediatamente após o acidente, mas as limitações técnicas, bem como a vasta extensão da área de busca no Atlântico Norte, impossibilitaram a localização dos destroços. Foi apenas em 1985 que uma equipe da Whoi e do Instituto Nacional de Oceanografia da França descobriu o navio afundado a quase 4 quilômetros da superfície no sudeste do Canadá.



Registradas durante 11 mergulhos realizados pela equipe em julho de 1986, as imagens foram feitas por câmeras em um submergível tripulado e por uma pequena embarcação operada remotamente que manobrava em espaços apertados.

“Mais de um século após a perda do Titanic, as histórias humanas incorporadas no grande navio continuam a ressoar”, disse James Cameron, que dirigiu o filme inspirado na história do naufrágio, em comunicado. “Ao liberar esta filmagem, a Whoi está ajudando a contar uma parte importante de uma história que atravessa gerações e circula o mundo.”

A gravação completa tem 80 minutos e foi disponibilizada na íntegra no YouTube.

Líder da equipe de investigadores conta o que viu

Robert Ballard liderou a equipe de investigadores responsável por descobrir os destroços do Titanic em 1985 e contou que, na ocasião, ficou impressionado com o tamanho da embarcação.

“A primeira coisa que vi saindo da escuridão a 30 pés [9 metros] foi esta parede, esta parede gigante de aço rebitado que se erguia por mais de 100 e alguns pés [30 metros] acima de nós”, afirmou o pesquisador em entrevista, segundo a AP.

Ballard contou que não havia mais carne ou ossos humanos na área do naufrágio. Ainda assim, ver sapatos, incluindo calçados do que pareciam ser uma mãe e um bebê, foi marcante para a equipe.

“Fizemos um pequeno serviço memorial para todos aqueles que morreram”, contou Ballard.

Novo vídeo do Titanic mostra detalhes do navio naufragado em alta definição

Novo vídeo do Titanic mostra detalhes do navio naufragado em alta definição




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-recebe-festival-de churrasco-com-musica-ao-vivo

Prefeitura de Guarujá

Guarujá recebe festival de churrasco com música ao vivo

Considerado um evento gastronômico tradicional no Município, a presença de mestres churrasqueiros do interior e do litoral paulista estão garantidas; a entrada é gratuita  A 3ª Edição do Festival do Paizão vai garantir variados cortes de carne, chopp e música ao vivo, a partir desta sexta-feira (17), às 19 horas, em Guarujá. O evento acontece na Avenida Leomil, entre a Avenida Puglisi e a Rua Quintino Bocaiúva. Nos dias seguintes, […]

today17 de fevereiro de 2023 68

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%