G1 Mundo

VÍDEO: câmeras de segurança mostram três reféns israelenses sendo levados pelo Hamas logo após sequestro em Israel

today20 de fevereiro de 2024 3

Fundo
share close

Os israelenses feitos de reféns nas imagens são Shiri Bibas e seus dois filhos pequenos, Ariel, que tinha quatro anos no momento do sequestro, e Kfir, que tinha apenas nove meses na época. A mãe e seus filhos teriam sido sequestradas na região Sul de Israel momentos antes.

As imagens de segurança mostram a mulher carregando uma criança no ombro enquanto estava envolta em um cobertor de cor clara no quintal de um prédio e transferida para um carro. (Veja no vídeo acima)

“O vídeo mostra os terroristas envolvendo Shiri e seus bebês em um lençol, tentando escondê-los”, disse Daniel Hagari, porta-voz das Forças de Israel.



Segundo Hagari, as imagens são do dia do sequestro e foram recuperadas há alguns dias na cidade de Khan Younis, na Faixa de Gaza.

A Reuters não conseguiu verificar de forma independente a localização e a data em que o vídeo foi filmado.

Imagens de câmeras de segurança recuperadas pelo Exército de Israel mostra reféns israelenses sendo levados pelo Hamas. — Foto: Reprodução/Exército de Israel

De acordo com o exército israelense, a família Bibas foi sequestrada do kibutz Nir Oz, perto de Gaza, e estão entre os 134 reféns ainda mantidos pelo Hamas. Além de Shiri e seus filhos, o marido Yarden Bibas também foi sequestrado e levado separadamente.

O vídeo revelado nesta segunda é a primeira prova de vida de Shiri e seus filhos desde o sequestro. A família Bibas divulgou uma declaração pedindo a libertação imediata deles.

Hagari informou ainda que a família foi sequestrada pelo grupo Brigadas Mujahideen. “Pelas informações disponíveis para nós, estamos preocupados com o bem-estar de Shiri, Ariel e Kfir”, disse.

Segundo o porta-voz, o Exército de Israel atualmente não tem informações suficientes para confirmar se eles estão mortos ou vivos, mas estão “fazendo todos os esforços para obter mais informações sobre o destino deles” após o vídeo.

Em novembro, o Hamas afirmou que Shiri, Ariel e Kfir foram mortos em um ataque israelense, mas o exército do país diz que não confirmou a informação.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

lula-como-‘persona-non-grata’-em-israel-surpreende-planalto;-diplomatas-reconhecem-que-fala-sobre-holocausto-foi-‘desastrosa’

G1 Mundo

Lula como ‘persona non grata’ em Israel surpreende Planalto; diplomatas reconhecem que fala sobre Holocausto foi ‘desastrosa’

A primeira avaliação no Palácio do Planalto é de que a reação israelense à fala de Lula no fim de semana foi muito dura. No Itamaraty, a avalição é de que Israel escalou a crise e fez da convocação do embaixador brasileiro uma "escada" para a declaração do chanceler, Israel Katz. Na diplomacia brasileira, a ordem é fazer uma avaliação com calma para evitar respostas precipitadas – e não ampliar […]

today20 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%