G1 Mundo

VÍDEO: Polícia de Israel ataca fiéis na mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém

today5 de abril de 2023 6

Fundo
share close

A polícia de Israel atacou dezenas de fiéis no complexo da Mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, antes do amanhecer de quarta-feira (5). As autoridades israelenses disseram que a movimentação foi uma resposta a tumultos no local.

Médicos da Palestina reportaram que pelo menos sete pessoas ficaram feridas. Segundo a organização, as forças israelenses impediram que médicos chegassem à mesquita para prestar socorro às vítimas.

“Eu estava sentada em uma cadeira recitando [o Alcorão]”, disse uma idosa à Reuters enquanto estava sentada do lado de fora da mesquita, lutando para recuperar o fôlego. “Eles lançaram granadas de efeito moral, uma delas atingiu meu peito.”



A polícia israelense disse em comunicado que foi forçada a entrar no complexo depois que “agitadores mascarados” se trancaram dentro da mesquita com fogos de artifício, paus e pedras.

“Quando a polícia entrou, pedras foram atiradas contra eles e fogos de artifício foram disparados de dentro da mesquita por um grande grupo de agitadores”, disse o comunicado, acrescentando que um policial foi ferido na perna.

A violência na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém aumentou em 2022 e há preocupação de que as tensões possam aumentar neste mês, quando o mês sagrado muçulmano do Ramadã coincide com as Páscoas judaica e cristã.

O atrito no complexo da Mesquita de Al-Aqsa, conhecido pelos judeus como o Monte do Templo, desencadeou violência nos últimos anos.

Grupos palestinos condenaram os ataques de Israel aos fiéis, descrevendo a ação como um crime.

“Avisamos a ocupação contra cruzar linhas vermelhas em locais sagrados, o que levará a uma grande explosão”, disse Nabil Abu Rudeineh, porta-voz do presidente da Palestina, Mahmoud Abbas.

Vídeos que circulam nas redes sociais, que a Reuters não pôde verificar de imediato, mostram fogos de artifício sendo disparados e policiais espancando pessoas dentro da mesquita.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

entenda-por-que-trump-nao-foi-fotografado-ao-ser-acusado,-como-e-comum-nos-eua

G1 Mundo

Entenda por que Trump não foi fotografado ao ser acusado, como é comum nos EUA

Nos Estados Unidos, essa foto de entrada nos registros da Justiça criminal tem um nome específico: é o "mug shot". Há "mug shots" de figuras históricas dos EUA, como do reverendo Martin Luther King Jr. Nesta terça-feira (4), pegaram as digitais de Trump e a inseriram no sistema da Justiça criminal do estado de Nova York, mas não foi divulgada uma fotografia. Os agentes da corte abriram uma ficha para […]

today5 de abril de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%