G1 Mundo

Vídeo: veja início de incêndio em casamento no Iraque

today2 de outubro de 2023 15

Fundo
share close

Nesta segunda-feira (2), o governo do Iraque divulgou um vídeo que mostra o começo do incêndio no salão.

O vídeo começa com imagens dos noivos dançando. Quando os dois estavam na pista, fogos de artifício foram disparados a partir do chão.

Pelas imagens, percebe-se que os fogos atingiram o teto do salão, pois logo depois começa a cair material em chamas do alto.



As pessoas percebem o que está acontecendo e começam a correr, mas o fogo se espalha muito rapidamente.

Havia cerca de 800 pessoas no salão. Além dos mortos, outros 500 ficaram feridos.

Prisão dos proprietários do salão

Autoridades do governo anunciaram a prisão de 14 pessoas por causa do incêndio, incluindo os proprietários do salão de eventos, e prometeram uma investigação rápida com resultados anunciados em 72 horas.

O governo também ordenou inspeções imediatas em grandes espaços de reunião pública, como hotéis, escolas e hospitais.

A tragédia reavivou as lembranças dos incêndios mortais que atingiram dois hospitais do Iraque em 2021, quando pelo menos 174 pessoas morreram. Na época foram atribuídos à negligência, regulamentações frouxas e corrupção.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulheres-pedem-indenizacao-a-dinamarca-por-contracepcao-forcada

G1 Mundo

Mulheres pedem indenização à Dinamarca por contracepção forçada

Nesta segunda-feira (2), 67 mulheres nascidas na Groenlândia apresentaram um pedido de indenização à Dinamarca por terem sido forçadas, quando adolescentes, a receberem um dispositivo intrauterino implantado sem o seu consentimento ,como parte de uma campanha secreta. Cada demandante pede 300 mil coroas (cerca R$ 211 mil). No final da década de 1960, a Dinamarca adotou uma política de contracepção para limitar a taxa de natalidade neste território do Ártico […]

today2 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%