G1 Mundo

VÍDEOS: Paraenses aguardam estreia do Brasil na Copa do Mundo ao ritmo de carimbó no Ver-o-Peso

today24 de novembro de 2022 17

Fundo
share close

Na maior feira a céu aberto da América Latina, os feirantes têm ido trabalhar vestindo as cores do Brasil, principalmente amarelo. O local, tradicionalmente também marcado pela expectativa e comemorações na rivalidade de torcedores de Remo e Paysandu, agora tem todos na mesma torcida.

Um grupo de músicos e dançarinos alternaram as roupas floridas, características ao dançar carimbó, com cores da seleção nesta quinta. O carimbó é um ritmo regional da cultura popular, oriundo dos negros, indígenas e quilombolas paraenses.

Ver-o-peso em ritmo de Carimbó para a Copa e jogos da Seleção — Foto: TV Globo/Reprodução



Os feirantes e visitantes do Veropa, como é carinhosamente chamado o mercado Ver-o-Peso pelos belenenses, acreditam na vitória da Seleção brasileira.

“A Sérvia não vai dar trabalho nenhum, vai ser goleada”, disse Manoel Rendeiro, presidente da associação de feirantes.

Em meio a animação, tem feirante prometendo fazer promoção e dar desconto nos legumes a cada gol do Brasil. “Promoção de tomate, de cebola…”, disse um dos feirantes – veja no vídeo abaixo.

Ver-o-Peso entra em ritmo de carimbó para jogos da Seleção

Ver-o-Peso entra em ritmo de carimbó para jogos da Seleção

O Ver-o-peso tem 395 anos e é um dos pontos mais famosos do Pará. No local, além da venda de legumes e frutos, há iguarias da região, além de restaurantes, doces, ervas, louças, roupas, águas de cheiro e objetos típicos.

O local está decorado com fitas nas cores verde e amarela. A intensão dos feirantes é que, sempre nos dias dos jogos, haja alguma programação cultural na área.

Os serviços públicos municipais e estaduais também sofreram alterações no horário de atendimento nos dias de jogos do Brasil.

MAIS VÍDEOS com notícias sobre o Pará:

Veja outras notícias do estado no g1 Pará




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘unica-copa-que-o-brasil-perdeu-e-nao-fiquei-triste’,-diz-pai-de-menina-que-nasceu-no-dia-do-7-a-1

G1 Mundo

‘Única Copa que o Brasil perdeu e não fiquei triste’, diz pai de menina que nasceu no dia do 7 a 1

Professor de Taquaritinga (SP) não viu o jogo, mas afirma que resultado não afetou emoção pelo nascimento da pequena Maria Antônia. Família de Taquaritinga, SP, lembra nascimento de criança em goleada do Brasil O professor e paratleta de Taquaritinga (SP) Paulo Andrade de Almeida Júnior se lembra do dia da derrota por 7 a 1 do Brasil para a Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, com muita […]

today24 de novembro de 2022 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%