G1 Santos

Viúva e filho de Chorão entram em disputa judicial por marca ‘Charlie Brown Jr’; entenda

today25 de janeiro de 2024 5

Fundo
share close

A viúva e o filho de Alexandre Magno Abrão, o ‘Chorão’, entraram em uma disputa judicial pela marca ‘Charlie Brown Jr’. Conforme apurado pelo g1, nesta quinta-feira (25), Graziela Gonçalves alega que Alexandre Lima Abrão ignorou os direitos dela como herdeira ao registrar sozinho a marca da banda no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). À Justiça, ele disse que ela agiu de “má fé”.

Graziela, que manteve um relacionamento com Chorão por quase 20 anos, tem 45% dos direitos de imagens e produtos, incluindo marcas, referentes ao cantor e à banda. Alexandre Lima Abrão, por sua vez, tem 55% desses direitos após acordo judicial pelo inventário do artista.

Segundo o advogado Maurício Guimarães Cury, que representa Graziela, a cliente tomou conhecimento que Alexandre registrou sozinho a marca no INPI. O profissional acrescentou que houve uma tentativa de resolver o assunto de forma amigável, mas Alexandre se negou a fazer a transferência desses direitos.



No processo, obtido pela equipe de reportagem, o advogado Reginaldo Ferreira Lima, que representa o filho de Chorão, afirmou que Graziela distorceu os fatos e agiu de “má fé”. O g1 entrou em contato com a defesa de Alexandre Lima Abrão, em busca de um posicionamento sobre o caso, mas não obteve um retorno até a última atualização desta reportagem.

Vocalista do Charlie Brown Junior, Chorão, morreu há exatamente dez anos

Vocalista do Charlie Brown Junior, Chorão, morreu há exatamente dez anos

Apesar do processo ainda não ter sido julgado, o juiz Guilherme de Paula Nascente Nunes, da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem de São Paulo, concedeu ainda em dezembro de 2023, uma liminar para que o filho de Chorão transfira à mulher, perante o INPI, os 45% dos direitos que ela possui da marca da banda.

Segundo Maurício Cury, os direitos de Graziela foram reconhecidos há muitos anos pela Justiça. “Ter que ajuizar ação de obrigação de fazer com tutela de urgência para fazer valer os seus direitos é desgastante, mas, necessário, diante da posição do Alexandre de não atribuir à Graziela os seus direitos. Com a tutela de urgência concedida pela Justiça esperamos que ele cumpra a decisão judicial imediatamente e transfira à Graziela, perante o INPI, os direitos sobre a marca Charlie Brown Júnior”.

Chorão em imagem do documentário ‘Marginal alado’ — Foto: Divulgação

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vitoria-de-trump-em-duas-primarias-faz-biden-antecipar-a-campanha-e-tratar-ex-presidente-como-candidato

G1 Mundo

Vitória de Trump em duas primárias faz Biden antecipar a campanha e tratar ex-presidente como candidato

Está claro que os eleitores republicanos querem Trump. Falta Nikki Haley desistir, após as derrotas sucessivas em Iowa e New Hampshire, mas ela sinalizou que persistirá até as prévias de seu estado natal, a Carolina do Sul, no próximo dia 24. Embora tenha sido governadora entre 2011 e 2017, a ex-embaixadora da ONU está 37 pontos atrás do ex-presidente, na média das pesquisas compiladas pelo site FiveThirtyEight. Haley nutre esperanças […]

today25 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%