G1 Mundo

Você viu? Terremoto e acidente aéreo no Japão, juros no cartão, ‘BBB 24’, eleições municipais e a ameaça dos opioides

today6 de janeiro de 2024 12

Fundo
share close

Terremoto e acidente aéreo no Japão 

Mais de 300 pessoas sobrevivem a acidente envolvendo dois aviões no Japão — Foto: Reprodução/ TV Globo



O Japão foi atingido por um terremoto de magnitude 7,6 na segunda-feira (dia 1º). Até a noite desta sexta-feira (5), autoridades locais haviam confirmado os seguintes números:

  • 94 mortos
  • 222 desaparecidos

Os tremores foram sentidos na Península de Noto, onde quase todas as casas em Suzuu e Wajima ficaram destruídas. Milhares de moradores tiveram de ir para abrigos, e algumas áreas ficaram sem luz nem água potável. 

Cinco dos seis tripulantes do avião da Guarda Costeira morreram – o piloto conseguiu escapar e foi internado em estado grave. A Japan Airlines afirmou que todas as 379 pessoas a bordo da aeronave foram retiradas a tempo. 

As novas regras que limitam os juros do rotativo do cartão de crédito no Brasil começaram a valer na quarta-feira (3). Com a mudança, a dívida total de quem atrasa a fatura do cartão não poderá ultrapassar o dobro do débito original.

Em geral, os juros do rotativo são os mais altos do mercado, por se tratar de uma linha de crédito com facilidade de entrada e enorme taxa de inadimplência. A modalidade é considerada emergencial e não exige garantia, o que faz as taxas dispararem.

Com a mudança, as novas dívidas ficam assim: se a dívida original for de R$ 100, o valor total a ser pago pelo cliente, com a cobrança de juros e encargos, não poderá exceder R$ 200.

💳 O que é o rotativo? Rotativo é uma modalidade de crédito ativada automaticamente quando o cliente não paga o valor total da fatura do cartão até a data do vencimento.

Os participantes do ‘BBB 24’ 

Veja quem vai estar na casa: 

  1. MC Bin Laden (cantor)
  2. Yasmin Brunet (modelo)
  3. Vanessa Lopes (criadora de conteúdo)
  4. Vinicius Rodrigues (atleta paralímpico)
  5. Rodriguinho (cantor)
  6. Wanessa Camargo (cantora)

  1. Leidy Elin (trancista)
  2. Maycon (cozinheiro escolar)
  3. Lucas Pizane (músico)
  4. Deniziane (fisioterapeuta)
  5. Marcus Vinicius (comissário de voo)
  6. Beatriz (vendedora) 
  7. Matteus (estudante de engenharia agrícola)
  8. Nizam (executivo de contas internacional) 
  9. Giovanna (assistente social)
  10. Alane (bailarina e modelo)
  11. Fernanda (confeiteira e modelo)
  12. Lucas Luigi (vendedor e instalador de piso)

Dinheiro recorde para eleições municipais 

💰 O “guia” do Orçamento deste ano estabelece um teto de R$ 4,9 bilhões para o fundo — R$ 4 bilhões acima do proposto inicialmente pelo Planalto ao enviar o projeto da LDO.

📈 O valor previsto na lei supera em mais de duas vezes o total destinado para as eleições municipais de 2020 (R$ 2 bilhões). O recurso é equivalente ao distribuído para as eleições gerais de 2022 — presidente, governador, senador e deputado federal.

💱 Para bancar o fundo, deputados e senadores aprovaram uma redução no total previsto de emendas de bancadas estaduais com pagamento obrigatório pelo governo de R$ 12,5 bilhões para R$ 8,5 bilhões.

👉 Essa troca de emendas por fundo eleitoral foi criticada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), mas acabou incluída no texto final e sancionada por Lula.

O g1 publicou, na quarta-feira (3), uma reportagem sobre a crise dos opioides, que mata 200 pessoas por dia nos Estados Unidos e pode chegar ao Brasil. O texto começa com o relato de uma jovem de 25 anos, moradora de Brasília, que viu a mãe, uma enfermeira de 42 anos, morrer de overdose.   

Esses remédios (como morfina, codeína e oxicodona) são analgésicos com alto risco de dependência, se utilizados de forma recreativa ou sem indicação de um especialista.

Segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a venda de opioides no Brasil cresceu 500% de 2009 a 2015, puxada pela codeína e pela oxicodona — saltou de 1.601.043 prescrições para 9.045.945 nesse período.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

com-mais-de-100-mortes-e-dezenas-de-desaparecidos,-japao-continua-resgate-de-vitimas-de-terremoto

G1 Mundo

Com mais de 100 mortes e dezenas de desaparecidos, Japão continua resgate de vítimas de terremoto

O tremor de magnitude 7,6 atingiu a costa oeste do Japão, causando estragos e desabamentos principalmente na província de Ishikawa. Milhares de pessoas ainda aguardam ajuda, segundo o governo. Esse foi o terremoto mais mortal que atingiu o Japão em quase oito anos. Além disso, mais de 500 pessoas ficaram feridas. Ao todo, 30 mil pessoas precisaram deixar as próprias casas. Enquanto isso, socorristas procuram por desaparecidos e possíveis sobreviventes […]

today6 de janeiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%