G1 Mundo

Você viu? Venda ilegal de joias, assassinato no Equador, ex-diretor da PRF preso, adeus a Aracy Balabanian e a recuperação de aluno de academia atingido por aparelho

today13 de agosto de 2023 14

Fundo
share close

O pai Mauro César Lourena Cid e o filho Mauro Barbosa Cid — Foto: Roberto Oliveira/Alesp; Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Equipes da Polícia Federal fizeram hoje uma operação sobre a suposta tentativa, capitaneada por militares ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro, de vender ilegalmente presentes dados ao governo por delegações estrangeiras. 



Objetos de alto valor, incluindo joias, como esses que vinham sendo negociados, devem ser obrigatoriamente entregues ao acervo da Presidência da República – ou seja, são bens públicos, e não pessoais. A PF vê uma organização criminosa em torno de Bolsonaro e afirma que o ex-presidente levou para os Estados Unidos joias recebidas em razão do cargo que ele ocupava.

Desviadas para o acervo privado de Bolsonaro, essas peças foram comercializadas no exterior com pagamento em dinheiro, sem uso do sistema bancário formal.

Havia quatro alvos na operação da PF:

  • Mauro Cesar Barbosa Cid, o Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro e tenente-coronel do Exército;
  • o general do Exército Mauro Cesar Lorena Cid, que é pai de Mauro Cid e foi colega de Bolsonaro na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), nos anos 1970;
  • Osmar Crivelatti, também ex-ajudante de ordens de Bolsonaro e tenente do Exército;
  • e o advogado Frederick Wassef, que já defendeu Bolsonaro e familiares em diversos processos na Justiça.

Os mandados foram cumpridos em Brasília, São Paulo e Niterói (RJ), autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes no inquérito que investiga as ações de uma suposta milícia digital que atua contra a democracia.

Segundo as investigações, o general Mauro Cesar Lorena Cid foi o responsável por negociar as joias e os demais bens nos Estados Unidos.

  1. citação a US$ 25 mil supostamente endereçados ao ex-presidente Jair Bolsonaro;
  2. tratativas para a venda de estátuas de palmeira e um barco folheados a ouro, recebidos pela comitiva brasileira durante visita oficial ao Bahrein em 2019;
  3. negociações para levar a leilão on-line um dos kits recebidos na Arábia Saudita com relógio e joias masculinas.

Fernando Villavicencio, então 5º colocado nas pesquisas, tinha 59 anos, era casado e pai 5 filhos. Como candidato à presidência, defendia o combate à corrupção.

Vídeo mostra o momento em que o candidato à presidência do Equador é assassinado

Vídeo mostra o momento em que o candidato à presidência do Equador é assassinado

Para Thiago Rodrigues, autor do livro “Política e drogas nas Américas: uma genealogia do narcotráfico”, o atentado deixa recado ao demais candidatos à presidência.

“Villacencio já vinha sofrendo ameaças de assassinato porque o discurso dele tinha esse elemento anticorrupção. Ele também dizia que faria uma grande reforma do sistema penitenciário, de modo a evitar que os chefes do narcotráfico conseguissem operar de dentro do sistema penitenciário”, disse Rodrigues em entrevista ao podcast O Assunto. Ouça aqui.

O ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal Silvinei Vasques foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira (9), em uma operação sobre interferência no segundo turno das eleições de 2022, como noticiado pelo blog da Camila Bomfim.

Segundo apurou o blog do Valdo Cruz, os investigadores apreenderam imagens em celulares de policiais rodoviários com o mapeamento das cidades onde o então candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva havia tido mais de 75% dos votos no primeiro turno no Nordeste.

Silvinei Vasques e Anderson Torres voltam a prestar depoimentos em Brasília

Silvinei Vasques e Anderson Torres voltam a prestar depoimentos em Brasília

A prisão ocorreu em Florianópolis, e Silvinei foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, imediatamente após prestar depoimento na sede da Polícia Federal.

Ouvido pela CPI dos Atos Golpistas em junho, o ex-diretor da PRF negou irregularidades na atuação da corporação. À PF, ele disse que blitze eram para coibir compra de votos, e não para impedir lulistas de votar. O advogado do ex-diretor da PRF disse que no decorrer do depoimento, a defesa verificou que o delegado foi “induzido em erro” e que com os elementos de prova, ele vai chegar a conclusão de que essa prisão é desnecessária e “logo, logo o Silvinei vai estar na rua”.

O projeto, no entanto, ainda está em fase de testes e não tem um cronograma oficial de lançamento. A expectativa é que a nova moeda seja liberada para o público no final de 2024, segundo o coordenador da iniciativa do real digital pelo BC, Fabio Araújo.

'Drex': o que é a nova moeda digital brasileira?

‘Drex’: o que é a nova moeda digital brasileira?

Na prática, a moeda digital de Banco Central (CBDC, na sigla em inglês) nada mais é do que uma nova representação do Real, só que 100% disponível em uma plataforma digital. Ou seja: o Drex é o Real, mas em plataforma digital.

O Drex deve ter utilidades parecidas às do sistema de pagamentos instantâneos, o PIX, mas há diferenças importantes. Entre elas, a possibilidade de compra e venda de títulos públicos, por exemplo. Leia perguntas e respostas aqui.

Filha de imigrantes armênios, Aracy nasceu em 22 de fevereiro de 1940 em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Aracy Balabanian morre no Rio aos 83 anos

Aracy Balabanian morre no Rio aos 83 anos

Em 1990, conquistou o país com a Dona Armênia, de “Rainha da Sucata”, mãe controladora de três filhos. Em 1995, a atriz interpretou a manipuladora Filomena em “A Próxima Vítima”, papel que lhe deu o prêmio de Melhor Atriz da Associação Paulista de Críticos de Arte.

A consagração veio também com Cassandra, no humorístico “Sai de Baixo”, de 1996, quando interpretou uma socialite decadente. O ator e diretor Miguel Falabella, que trabalhou com Aracy na atração da Globo, homenageou a atriz em uma rede social.

“Minha amada Aracy, minha rainha, atriz de primeira grandeza, companheira irretocável, amor de muitas vidas. Obrigado pela honra de ter estado ao seu lado exercendo nosso ofício.”

Após cinco dias de internação e uma cirurgia que durou quatro horas, Regilânio da Silva Inácio voltou para casa. Na semana passada, o motorista de aplicativo foi atingido por uma máquina chamada “hack squat”, usada para fazer agachamento convencional, em uma academia em Juazeiro do Norte, no Ceará.

O acidente com a máquina de 150 quilos causou uma lesão na coluna considerada gravíssima pelos médicos, que avaliam que o homem tem 1% de chance de voltar a andar.

Homem é atingido por aparelho em academia e sofre grave lesão na coluna

Homem é atingido por aparelho em academia e sofre grave lesão na coluna

“Muito obrigado por tudo, a força que vocês me deram em orações, em ajuda, em tudo. Que Deus continue iluminando vocês para poder continuar me iluminando”, disse Regilânio momentos antes de deixar o hospital.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

equador:-o-que-se-sabe-sobre-quem-teria-matado-candidato-a-presidencia

G1 Mundo

Equador: o que se sabe sobre quem teria matado candidato à Presidência

Enquanto isso, o principal suspeito de ter disparado os três tiros que mataram Villavicencio foi ferido em uma troca de tiros com seguranças e depois morreu em uma unidade policial em Quito, segundo a Promotoria. Ele tinha antecedentes criminais, tendo sido preso anteriormente por acusações relacionadas a armas, informou o governo. As prisões dos seis suspeitos de envolvimento no crime foram feitas poucas horas depois do assassinato, em operações que […]

today13 de agosto de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%