G1 Santos

Volta da obrigatoriedade de máscaras em locais fechados ainda é dúvida em cidades da Baixada Santista, SP

today1 de junho de 2022 13

Fundo
share close

Comitê de Medidas de Vigilância em Saúde do Governo de São Paulo recomendou a retomada do uso do acessório após reunião na terça-feira (31).

Cidades da Baixada Santista se posicionam sobre recomendação do uso de máscaras em locais fechados — Foto: Ivan Alvarado/Reuters/Arquivo



As cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, se posicionaram nesta quarta-feira (1), sobre a recomendação do Comitê de Medidas de Vigilância em Saúde do Governo de São Paulo sobre o uso de máscaras em locais fechados. Peruíbe e Mongaguá voltaram a recomendar o uso do acessório nos ambientes fechados. As prefeituras das outras cidades ainda não têm previsão de mudança ou esperam novas orientações do governo estadual.

Após reunião com autoridades municipais, na última segunda-feira (30), Peruíbe publicou um decreto com as medidas e protocolos sanitários a serem adotados em combate à pandemia no município. Entre as medidas, o uso de máscaras é recomendado em espaços fechados tanto públicos quanto privados.

Mongaguá segue recomendando o uso de proteção facial em todos os ambientes fechados, independente de serem públicos ou privados. O decreto foi publicado na terça-feira (31).

Peruíbe e Mongaguá tornaram obrigatório o uso de máscaras dentro de escolas. A medida passou a valer a partir desta quarta-feira (1º).

Bertioga confirmou que o uso de máscaras é obrigatório apenas em unidades de saúde e transportes públicos, mas disse que uma reunião será realizada, nesta quarta-feira, entre as secretarias de Saúde e Educação para definição.

A prefeitura de Cubatão informou que, por ora, não obrigará o uso de máscara, mas que segue atenta a eventual evolução dos casos no município.

Em nota, a prefeitura de Guarujá informa que o uso de máscaras é facultativo, sendo obrigatório somente nas unidades de Saúde e transporte público e que não há previsão para o retorno da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados.

Itanhaém informou que aguardará a manifestação oficial do Estado para definir as ações que serão adotadas no município. No entanto, a cidade retomou a obrigatoriedade de máscaras nas escolas da rede municipal, de acordo com decreto publicado em 24 de maio.

Em São Vicente, a prefeitura informou que segue o decreto de flexibilização do uso de máscaras em todos os ambientes, com exceção do transporte público e locais destinados à prestação de serviços de Saúde.

Já a Prefeitura de Santos, disse que, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), acompanha atentamente a evolução da pandemia e que, no momento, segue o decreto vigente, que mantém a obrigatoriedade do uso de máscara nos meios de transporte público e em unidades de saúde e nos hospitais do município. Caso necessário, a medida pode ser ampliada, de acordo com os indicadores da doença.

A Prefeitura de Praia Grande não se posicionou até a última atualização desta reportagem.

Cidades da região voltam a recomendar o uso de máscaras em locais fechados

Cidades da região voltam a recomendar o uso de máscaras em locais fechados

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

teste-do-coracaozinho-passa-a-ser-obrigatorio-em-todas-as-maternidades-de-santos

G1 Santos

Teste do Coraçãozinho passa a ser obrigatório em todas as maternidades de Santos

O Teste do Coraçãozinho passa a ser obrigatório em todas as maternidades de Santos, no litoral de São Paulo. O exame deve ser feito entre 24h e 48h após o nascimento da criança. O teste tem como objetivo detectar se o recém-nascido está com baixa concentração de oxigênio no sangue [hipoxemia] que caracteriza as cardiopatias críticas. Em nota, a prefeitura explicou que o projeto de lei foi sancionado para dar […]

today1 de junho de 2022 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%