G1 Mundo

Zelensky se reuniu com representante do Itamaraty durante parada no Brasil, diz MRE

today11 de dezembro de 2023 12

Fundo
share close

O encontro ocorreu em Brasília durante uma parada técnica para abastecimento do avião do ucraniano, que viajava para Buenos Aires, onde participou da posse de Javier Milei como presidente.

A reunião entre Zelensky e Maria Luisa Escorel durou cerca de 20 minutos. O objetivo do ucraniano era se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Mas, segundo o g1 apurou, como o pedido de audiência foi feito “em cima da hora”, a diplomata foi escalada para a reunião.

Geralmente, quando dois chefes de Estado se encontram, é comum que equipes dos dois façam reuniões prévias, discutindo, por exemplo, os temas a serem abordados e eventuais acordos.



O encontro entre Maria Luisa e Zelensky foi divulgado, primeiramente, pelo jornal “O Globo”. Este não é o primeiro desencontro entre Lula e Zelensky.

Em maio, durante a cúpula do G7 em Hiroshima (Japão), Lula disse que equipes dos governos brasileiro e ucraniano acertaram um encontro entre os dois líderes, mas que, perto do horário combinado, a comitiva de Zelensky disse que ele não poderia comparecer naquele momento.

O desencontro em Hiroshima aconteceu depois que Lula deu declarações polêmicas sobre a guerra entre Rússia e Ucrânia, o que gerou críticas por parte de Zelensky ao brasileiro.

Para presidente da Ucrânia, participação do Brasil na negociação pela paz é muito importante

Para presidente da Ucrânia, participação do Brasil na negociação pela paz é muito importante

Lula e Zelensky se reuniram em setembro deste ano, em Nova York (EUA), durante a presença dos dois para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Após o encontro, Lula afirmou ter conversado com Zelensky sobre a importância de os países buscarem o diálogo e a paz, acrescentando que a busca é importante “para que nunca mais aconteça uma ocupação territorial, como fez a Rússia”.

A guerra começou em fevereiro de 2022, após tropas de Vladimir Putin invadirem a Ucrânia. A Rússia, em linhas gerais, alega que são territórios separatistas. A Ucrânia, por sua e vez, afirma que não negocia um acordo enquanto as tropas russas não deixarem essas localidades.

“Disse para ele a necessidade de encontrar um grupo de países amigos que possam construir uma proposta que não fosse nem de um, nem de outro, dos dois que estão em guerra. E que a negociação numa mesa de diálogo é muito mais barata do que uma guerra, não tem vítimas, não tem mortes e não tem tiro”, disse Lula após o encontro com Zelensky em setembro.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

essequibo:-casa-branca-procurou-governo-brasileiro-pedindo-ajuda-para-acalmar-situacao-entre-venezuela-e-guiana

G1 Mundo

Essequibo: Casa Branca procurou governo brasileiro pedindo ajuda para acalmar situação entre Venezuela e Guiana

Por Ricardo Abreu Repórter de política e apresentador na GloboNews. Interlocutores do governo norte-americano fizeram chegar ao Planalto a preocupação com escalada da tensão entre os dois países. A Casa BrancA em Washington, nos EUA. — Foto: Gary Cameron/Reuters O governo dos Estados Unidos fez chegar ao Palácio do Planalto a sua preocupação com o aumento da tensão e possível escalada de um conflito armado na região de Essequibo, na […]

today11 de dezembro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%